Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 15 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com dedo de Felipão, Athletico-PR empata com Libertad e avança na Libertadores



05/07/2022 | 23:44


Com dedo do técnico Felipão, o Athletico-PR confirmou a classificação para as quartas de final da Copa Libertadores ao empatar por 1 a 1 com o Libertad, na noite desta terça-feira, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção. No jogo de ida, o time paranaense havia vencido por 1 a 0.

Em grande fase no comando da equipe de Curitiba, Felipão vinha de vitória sobre o líder do Brasileirão, o Palmeiras, no fim de semana. Nesta terça, fez uma mudança arriscada contra o Libertad, tirando Vitor Roque e colocando Rômulo, que acabou marcando o gol da classificação.

Do outro lado, destaque para Roque Santa Cruz. Com 40 anos, o atacante se tornou o jogador mais velho a marcar em uma fase de mata-mata da Libertadores.

Agora, o Athletico aguarda o vencedor de Fortaleza e Estudiantes, que sairá nesta quinta-feira. No jogo de ida, ficaram no empate por 1 a 1, na capital cearense.

Com o apoio de sua torcida, o Libertad partiu para cima do Athletico e não demorou para colocar Bento para trabalhar. O goleiro fez grande defesa no arremate de Caballero. Mas o time paranaense respondeu com Erick. Ele recebeu de Vitor Roque e arriscou. Martín Silva pegou.

O Libertad empurrou o Athletico para a defesa. O time de Felipão começou a jogar com o regulamento debaixo do braço, mas acabou sendo castigado por causa disso. Aos 48 minutos, Roque Santa Cruz fez fila na defesa adversária, saiu de frente para Bento e chutou cruzado para abrir o marcador.

No segundo tempo, o Libertad continuou superior e só não ampliou, pois Bento parou a tentativa de Roque Santa Cruz. Sem encontrar espaço, o Athletico conseguiu ameaçar apenas aos 23 minutos, quando Vitor Roque partiu em velocidade e soltou o pé. Martín Silva pegou.

Felipão surpreendeu quando tirou Vitor Roque. O atacante, principal destaque do Athletico na temporada, vinha sendo o jogador mais lúcido da equipe brasileira. Mas a estrela estava do lado do treinador. Rômulo, que entrou na vaga de Vitor Roque, recebeu dentro da área e cabeceou. Martín Silva pegou, mas, na sobra, o camisa 35 empatou.

O gol pegou o Libertad de surpresa. O time paraguaio ainda tentou um abafa no fim, mas o Athletico se fechou, no melhor estilo Felipão, para confirmar a classificação.

FICHA TÉCNICA:

LIBERTAD 1 X 1 ATHLETICO-PR

LIBERTAD - Martín Silva; Iván Pires, Diego Viera, Barboza e Samudio; Marcelo Díaz (Campuzano), Caballero, Diego Gómez (Mendieta), Merlini (Bareiro) e Melgarejo; Roque Santa Cruz (Óscar Cardozo). Técnico: Daniel Garnero.

ATHLETICO-PR - Bento; Orejuela (Khellven), Pedro Henrique, Nicolás Hernández e Abner Vinícius; Erick, Hugo Moura (Matheus Fernandes) e Terans (Vitor Bueno); Canobbio (Marcelo Cirino) e Vitor Roque (Rômulo). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

GOLS - Roque Santa Cruz, aos 48 minutos do primeiro tempo. Rômulo, aos 44 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Iván Piris (Libertad); Abner Vinícius, Matheus Fernandes, Pedro Henrique e Vitor Roque (Athletico-PR).

ÁRBITRO - Andres Cunha (URU).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;