Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 10 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

tecnologia@dgabc.com.br | 4435-8301

Testamos: câmera IMIlab 016 Basic se sobressai pelo custo-benefício

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Beatriz Ceschim
Do 33Giga

04/07/2022 | 08:55


Compacta e fácil de usar. Esses são alguns dos pontos positivos da IMIlab 016 Home Security Camera Basic. O 33Giga recebeu o aparelho para teste e a primeira impressão da câmera de segurança já foi muito positiva.

Leia mais:
Testes do 33Giga: conheça os melhores eletrônicos de 2021
Guia de compra: descubra o que observar na hora de adquirir uma câmera de segurança Wi-Fi

IMIlab 016 Basic

O dispositivo tem uma aparência muito bonita, com um acabamento delicado na cor branca. É possível prendê-lo no teto, com um suporte incluso na embalagem, ou colocá-lo sobre uma superfície. Depois, é necessário ligá-lo na tomada e preparar as configurações para utilizar o produto.

O manual não tem explicações em português, mas o ajuste é bem simples. Tudo o que a pessoa deve fazer é adicionar um cartão microSD na parte frontal da câmera (não incluso), para conseguir salvar todas as gravações, e baixar o aplicativo Mi Home para começar o uso. Após o download do app, é preciso criar uma conta e conectar o aparelho.

Essa parte foi mais fácil e, no fim da configuração, a câmera já começou a funcionar. A imagem é muito boa, mesmo no automático, mas também é possível colocá-la no HD para uma melhor resolução. O dispositivo funciona muito bem tanto de dia, quanto de noite, já que possui sensores infravermelhos, que melhoram as gravações no escuro.

IMIlab 016 Basic


Tecnologia de conexão: Wi-Fi
O que vem na caixa: câmera de segurança, suporte para fixar na parede, cabo e plug-in para tomada
Fonte de alimentação: Tomada 5V-2A
Resolução: 1080P
Dimensões (em mm): 108×75×75
Pontos positivos: custo-benefício, resolução da imagem, funcionalidades diferentes
Pontos negativos: delay no detector de movimentos e sons, abundância de notificações, manual em outras línguas
Preço: R$ 220, em média
Site: aqui

Outro ponto interessante do aparelho é as configurações de vigilância. Nessa área, o usuário pode selecionar as opções que acha mais importantes e, sempre que algo acontecer, a câmera envia uma notificação para o smartphone.

Uma das possibilidades é o sensor de movimento, que funciona muito bem. É possível fazer com que o dispositivo siga quaisquer ações realizadas no ambiente. Nessa função, quando a câmera está virada para o lado contrário da movimentação, o aparelho acaba demorando um pouco para virar e gravar a atividade, mas nada muito significativo.

O único ponto negativo dessa função é que a IMIlab 016 detecta todo e qualquer mínimo movimento. Logo, o smartphone é bombardeado de notificações do dispositivo, podendo ser algo meio chato.

Se a pessoa optar por não ligar o sensor de movimento, ainda é possível receber notificações de atividade no ambiente. Porque sempre que alguém passar na frente do raio onde a câmera capta, o aparelho irá avisar.

Outra possibilidade do dispositivo é escolher o local para onde você deseja que a câmera aponte. No aplicativo, existem setas que servem para o usuário posicionar a lente exatamente no ângulo que quer capturar. Como o aparelho chega a 360º horizontalmente e 96º verticalmente, a pessoa consegue ajeitá-lo de uma forma bem certinha para captar uma imagem ampla do ambiente.

Com o app, também é possível ligar e desligar a câmera, estabelecer um período de funcionamento para o aparelho e acessar todas as gravações salvas. Durante o teste, a reportagem não utilizou um cartão microSD, então não foi possível analisar os vídeos feitos pelo dispositivo, somente no ao vivo – mas acredito que não deixe a desejar, já que a imagem tem uma alta qualidade.

Uma funcionalidade muito interessante do aparelho é o detector de choro de criança e bebê. Dessa forma, a câmera acaba se tornando quase como uma babá eletrônica. Foi feito um teste com sons de choro e, apesar de demorar um pouco, assim que o dispositivo capta o som, envia uma notificação para o celular.

Além disso, a IMIlab 016 tem uma opção de talkback, em que o usuário utiliza o celular para falar com as pessoas que estejam no mesmo local que a câmera – e elas podem respondê-lo. O microfone é alto e bem limpo, então dá para entender tranquilamente o que está sendo dito.

Em vista de todas as funcionalidades diferenciadas, o preço da câmera também é muito bom. O aparelho custa aproximadamente R$ 220. Pode até ser um pouco mais caro do que outros dispositivos do mercado, mas esse valor compensa por tudo que o produto entrega. No geral, é um aparelho muito bom, com uma qualidade de imagem ótima, sendo uma opção interessante para cuidar da segurança de um ambiente.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;