Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 17 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com gol nos acréscimos, Coritiba quebra jejum e supera o lanterna Fortaleza



03/07/2022 | 21:05


Com um gol marcado por Léo Gamalho, de cabeça, logo no primeiro minuto e outro de José Hugo, aos 48 minutos do segundo tempo, o Coritiba venceu o Fortaleza por 2 a 1, neste domingo à noite, no estádio Couto Pereira, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Coxa quebrou um jejum de seis jogos sem vitória, três deles como mandante, e saltou para a 13ª posição, com 18 pontos, deixando o time cearense ainda na lanterna, com apenas 10.

O Coritiba usou, praticamente, a sua força máxima diante de um Fortaleza, de novo, com uma formação alternativa por causa do desgaste provocado por sua participação em outras duas competições importantes: a Libertadores e a Copa do Brasil. O time cearense tem um jogo decisivo na próxima quinta-feira diante do Estudiantes, na Argentina, pela volta das oitavas de finais da Libertadores. Em casa empatou por 1 a 1 e agora precisa vencer para avançar.

A apreensão foi maior porque antes do jogo começar houve uma queda de energia elétrica que derrubou a iluminação dos refletores. O jogo iniciou com 40 minutos de atraso, atrapalhando o aquecimento dos dois times.

Mas o Coritiba começou ligado, abrindo o placar no primeiro minuto. Alef Manga foi lançado em velocidade pelo lado esquerdo e levantou para o outro lado, onde Léo Gamalho cabeceou de cima para baixo, no contrapé do goleiro Marcelo Boeck. O domínio era total do time paranaense, que teve ainda duas boas chances para a ampliar o placar diante de um visitante desorganizado em campo.

A história começou a mudar no segundo tempo, quando o técnico Juan Vojvoda fez algumas trocas e pediu para seu time ir ao ataque. O Coritiba sentiu a pressão, recuou e passou por situações delicadas e sem conseguir usar os contra-ataques. O Fortaleza não desistiu e empatou aos 39 minutos, quando Romarinho pegou a bola do lado esquerdo e levantou para a área. O zagueiro Habraão apareceu de frente, cabeceando de cima para baixo. Um minuto antes, Nathan tinha deixado os mandantes com um a menos ao cometer falta violenta, de sola, em cima de Juninho Capixaba e ser expulso.

As primeiras vaias já começavam ecoar pelo estádio quando o Coritiba fez o segundo gol. José Hugo foi lançado em velocidade, ganhou na corrida do zagueiro Marcelo Benevenuto e, dentro da área, chutou cruzado. Foi o gol da vitória aos 48 minutos.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 2 X 1 FORTALEZA

CORITIBA - Rafael William; Matheus Alexandre, Luciano Castán, Henrique e Diego (Egídio); Willian Farias, Val e Fabrício (Bernardo); Alef Manga (José Hugo), Léo Gamalho e Warley (Yhonny Anderson - Nathan). Técnico: Gustavo Morínigo.

FORTALEZA - Marcelo Boeck; Habraão, Marcelo Benevenuto e Titi (Lucas Crispim); Vitor Ricardo (Yago Pikachu), Ronald (Hércules), Zé Welison, Matheus Vargas (Lucas Lima) e Juninho Capixaba; Romarinho e Moisés (Silvio Romero). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

GOLS - Léo Gamalho, a 1 minuto do primeiro tempo; Habraão, aos 39, e José Hugo, aos 48 do segundo.

ÁRBITRO - Felipe Fernandes de Lima (MG).

CARTÕES AMARELOS - Alef Manga e Val (Coritiba) e Ronald, Juninho Capixaba e Titi (Fortaleza).

CARTÃO VERMELHO - Nathan (Coritiba).

RENDA - R$ 258.835,00.

PÚBLICO - 18.655 pagantes (20.156 total).

LOCAL - Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;