Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 17 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Processo de cassação de Claudinho terá desfecho apenas hoje

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Vereadores passariam madrugada lendo relatório com mais de 600 páginas; prefeito enviou dois advogados para fazer a defesa


Daniel Tossato

01/07/2022 | 08:28


A sessão da Câmara para apreciar e votar o relatório final de um dos dois processos pela cassação do prefeito de Rio Grande da Serra, Claudinho da Geladeira (PSDB), começou às 13h de ontem, mas só terá desfecho por volta das 12h de hoje. Dispostos a não interromper os trabalhos, os vereadores garantiram que passariam a madrugada fria na cidade – o termômetro marcava 11º C às 23h30 – fazendo a leitura do relatório.

Isso porque, como parte do rito que envolve o impeachment do prefeito, os vereadores têm obrigação de ler, por completo, o relatório que foi elaborado pela comissão processante e que tem mais de 600 páginas. Durante a sessão, os parlamentares se revezavam na leitura do documento. A estimativa na Câmara era a de que a leitura se encerrasse apenas hoje, por volta das 7h.

O prefeito Claudinho é alvo de dois processos que visam cassar seu mandato. Ontem, atuou na Câmara comissão processante que apura a falta de respostas ao requerimentos de informação por parte do Executivo.

Conforme o vereador Marcelo Cabeleireiro (PSD), a leitura do relatório atravessaria a madrugada. Ao Diário, ele afirmou que os parlamentares iriam prosseguir com os trabalhos.

“O documento tem mais de 600 páginas. Lemos, até agora (23h), pouco mais de 200, então acreditamos que a leitura vai atravessar a noite e a madrugada. Não estamos pensando em parar”, declarou o vereador. “Até porque, amanhã (hoje) outra comissão vai começar a fazer a leitura do relatório final e também tem mais de 600 páginas”, pontuou.

No plenário, o vaivém dos vereadores era intenso. Nas galerias a movimentação também era grande. Alguns munícipes até se arriscaram a assistir à fase de leitura do processo, mas muitos desistiram e foram embora. Quando o Diário deixou o local, apenas poucos espectadores ainda lutavam contra o sono, o frio e até mesmo o tédio. Teve até quem pediu pizza para comer ali mesmo, na Câmara.

Assim que acabar a leitura do relatório final os advogados de Claudinho da Geladeira terão duas horas para sustentar a defesa do prefeito. Somente após isso os vereadores começarão a votar pela admissão ou pela rejeição do documento. Para cassar o mandato do chefe do Executivo é preciso que dois terços da Câmara votem favoráveis, ou seja, nove dos 13 vereadores – nove nomes fazem oposição ao prefeito.

SEGUNDO PROCESSO

Hoje, os vereadores também iniciarão, às 13h, leitura do segundo processo de cassação do prefeito Claudinho da Geladeira. O bloco investigou possível fura-fila na imunização contra Covid 19, quando uma funcionária comissionada teria tomado o imunizante eantes mesmo que os profissionais da saúde, no ano passado. 

Os parlamentares também deverão enfrentar maratona de leitura, já que o relatório final tem mais de 600 páginas.  



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;