Fechar
Publicidade

Domingo, 14 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Abel Ferreira cita Lewis Hamilton e faz desabafo contra críticos do Palmeiras

Divulgação/Cesar Greco/Palmeiras  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


30/06/2022 | 09:55


Abel Ferreira fez um curto, mas enfático desabafo direcionado aos torcedores que têm criticado o Palmeiras, sobretudo após o empate com o Avaí no Brasileirão, competição que o time lidera com 29 pontos. Em um discurso de pouco mais de três minutos, o treinador defendeu seus jogadores, esbravejou contra os torcedores mais "cornetas" e deu a sua definição do que é ser palmeirense. Ele citou até mesmo Lewis Hamilton para construir sua argumentação.

Abel não gostou dos que criticaram o desempenho do time no empate por 2 a 2 em Florianópolis no último domingo. Na ocasião, o centroavante Rafael Navarro foi um dos mais questionados. Até o próprio treinador, unanimidade entre os torcedores, recebeu críticas por ter preservado atletas no jogo do Brasileirão. Mas ele estava pensando na Libertadores e a estratégia se mostrou acertada, uma vez que o Palmeiras atropelou o Cerro Porteño no Paraguai e deu grande passo rumo às quartas da competição em que busca o tetra. Ganhou por 3 a 0.

"Quero dizer que esse jogo começou a ser ganho na partida contra o Avaí, porque o treinador do Palmeiras acredita em todos os jogadores. O treinador do Palmeiras pede a todos os torcedores e agradece os que apoiam nossos jogadores em todos os momentos", iniciou o técnico. "O que peço é para acreditarem nos jogadores mesmo quando o treinador faz asneiras ou eles jogam mal. Isso é um verdadeiro torcedor, isso é ser palmeirense. Quem critica não lhe corre nas veias o que é ser palmeirense", adicionou o português.

Fã de automobilismo, Abel mencionou Lawis Hamilton em seu discurso. "Aos que acreditam somente quando ganhamos, aos que só nos criticam, como diz o Hamilton: ''é preciso mudar a mentalidade'' Os que já estão com isso na veia nos apoiam sempre", disse. O piloto britânico da Mercedes fez essa afirmação como resposta ao comentário racista de Nelson Piquet, que o chamou de "neguinho".

Abel voltou a dizer que seus atletas nem sempre vão ganhar, mas fazem o melhor que podem, por isso têm de receber apoio da torcida, não questionamentos. "Os jogadores são gente séria, gente de caráter e que entregam tudo o que têm em cada momento. Esses jogadores merecem que acreditem em todos", justificou. "Agradeço o apoio, as críticas, mas precisamos estar todos juntos em todos os momentos", pediu. "Quem não faz asneiras? Quem é perfeito no trabalho? Não conheço ninguém perfeito. Dou a minha palavra de honra que todos trabalham e dão o máximo", disse o técnico.

Com os 3 a 0 no Paraguai, o time jogará tranquilo daqui a uma semana na volta da Libertadores, no Allianz Parque. Por isso, é provável que Abel escale força máxima no sábado, diante do Athletico-PR, pela 15ª rodada do Brasileirão. Será uma oportunidade para a equipe aumentar sua vantagem na ponta contra o time de Felipão.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;