Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 17 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Inter joga mal, perde do Colo-Colo e se complica na Copa Sul-Americana



28/06/2022 | 23:38


O Internacional não repetiu na Sul-Americana, nesta terça-feira, as boas atuações do Campeonato Brasileiro e acabou derrotado pelo Colo-Colo, em Santiago, no Chile, por 2 a 0, no duelo de ida das oitavas de final. O jogo de volta, no Beira-Rio, em Porto Alegre, está previsto para dia 5 e o Inter terá de devolver o placar para levar a decisão para os pênaltis ou ter uma vantagem de três gols ou mais para assegurar diretamente a vaga nas quartas.

Empurrado por uma entusiasmada torcida, o Colo-Colo buscou o ataque desde o início. Solari exigiu defesa de Daniel no primeiro minuto de partida. Aos seis, foi a vez de Lucero levar perigo à meta gaúcha.

Apesar de pressionado, o Inter não se acovardou e o veloz Pedro Henrique, após roubada de bola de Edenílson, acertou a trave chilena.

Mas uma falha individual propiciou a vantagem do Colo-Colo. Aos 11 minutos, Heitor falhou, Gabriel Costa tocou para Lucero abrir o placar. Com a vantagem, a pressão chilena se tornou ainda maior. Destaque para a boa atuação do zagueiro Mercado.

Lucero, de bicicleta, voltou a ameaçar o gol de Daniel. O Inter ficou encurralado e com problemas para impedir o avanço do Colo-Colo. Aos 27 minutos, Renê, que voltava de lesão, teve de ser substituído por Moisés.

A partir dos 30 minutos, o Inter renasceu na partida, mas ainda permaneceu com dificuldades para concluir as jogadas perto da área do Colo-Colo.

O início do segundo tempo foi marcado pelo domínio do Colo-Colo, que não demorou para ampliar o placar. Em boa trama do ataque chileno, a bola ficou para Solari, que desviou de Daniel: 2 a 0, aos sete minutos.

Na busca por maior agressividade do Inter, Mano Menezes colocou em campo, aos 16 minutos, Mauricio e David, no lugar de Gabriel e Alan Patrick, respectivamente. Mas alterações não deram resultado e o Colo-Colo ficou mais perto do terceiro do que o Inter do primeiro gol.

O Inter só foi assustar a defesa do Colo-Colo no segundo tempo com um chute de longa distância de Mauricio, aos 40 minutos. Aos 42, Estevão, que havia entrado no lugar de Pedro Henrique, chegou a marcar, mas o VAR anulou o lance ao flagrar mão na bola de Edenílson no começo da jogada. Mano e os jogadores colorados reclamaram bastante, mas de nada adiantou.

FICHA TÉCNICA

COLO-COLO 2 X 0 INTERNACIONAL

COLO-COLO - Cortés; Opazo; Falcon; Zaldivia e Suazo; Fuentes (Vicente Pizarro), Pavez e Léo Gil; Solari (Daniel Gutiérrez), Lucero e Gabriel Costa. Técnico: Gustavo Quinteros.

INTERNACIONAL - Daniel; Heitor (Rodrigo Moledo), Mercado, Vitão e Renê (Moisés); Gabriel (Mauricio), Johnny, Edenílson e Alan Patrick (David); Pedro Henrique (Estevão) e Alemão. Técnico: Mano Menezes.

GOL - Lucero aos 11 minutos do primeiro tempo. Solari aos sete do segundo.

ÁRBITRO - Patricio Loustau (ARG).

CARTÕES AMARELOS - Gabriel, Fuentes, Lucero, Mauricio.

LOCAL - Santiago, Chile.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;