Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 17 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Hulk perde pênalti e Atlético-MG só empata no Equador pela Libertadores



28/06/2022 | 22:35


Pênalti perdido no final, jogador expulso e VAR acionado para marcar penalidade a favor dos donos da casa. O empate por 1 a 1 nesta terça-feira, entre Atlético-MG e Emelec teve todos esses ingredientes em partida que valeu pelo primeiro jogo das oitavas de final da Copa Libertadores.

No duelo, o time mineiro saiu na frente com gol de Ademir e teve tudo para definir o jogo na etapa inicial. No segundo tempo, Sebastian Rodríguez empatou cobrando pênalti.

A partida de volta pela fase de oitavas acontece na próxima terça-feira (5 de julho), em Belo Horizonte, e o Atlético-MG se garante nas quartas com vitória simples. Novo empate leva a decisão para os pênaltis.

O jogo teve contornos de dramaticidade. A expulsão de Allan deixou o Atlético-MG com um menos no segundo tempo e no final, Hulk desperdiçou uma penalidade.

Em Guayaquil, o Emelec quis botar pressão e quase abriu o marcador graças a um erro de saída de bola do goleiro Everson. Cevallos Júnior serviu o atacante Cabeza, mas o camisa nove errou o chute no momento da conclusão.

Passado o susto, o Atlético-MG encaixou a marcação e conseguiu administrar a partida para explorar os contra-ataques com Ademir. Com uma atuação mais segura, o time brasileiro acabou achando o gol em uma jogada característica.

Everson repôs a bola no meio-campo e encontrou Hulk, que fez o pivô para Nacho Fernández. O jogador argentino percebeu a infiltração de Ademir e tocou na medida para ele bater de esquerda e vencer o goleiro Pedro Ortiz: 1 a 0 aos 15 minutos.

O Emelec se lançou ao ataque, mas de forma desordenada passou a dar espaços para as investidas atleticanas. Com Hulk sofrendo marcação individual, Nacho Fernández, Rubens e Ademir tiveram boas chances de ampliar o marcador no primeiro tempo.

Os donos da casa só chegaram a ameaçar a meta de Everson no final. Na melhor oportunidade, Jackson Rodríguez entrou pela esquerda da e bateu cruzado. A bola bateu na trave, voltou para o meio da área, mas a defesa brasileira conseguiu afastar o perigo.

O segundo tempo teve um enredo parecido com a etapa inicial. Pressão do Emelec e atuação segura do Atlético-MG em seu campo de defesa.

O jogo estava sob controle quando, num lance isolado, Nathan Silva subiu para cortar uma bola alçada na área e atingiu o centroavante Cabeza com uma cotovelada. O lance seguiu, o Atlético-MG perdeu uma chance incrível com Ademir na sequência, mas o VAR entrou em ação e mudou os rumos da partida.

O árbitro de vídeo analisou o lance do zagueiro Nathan Silva, acionou o juiz e o pênalti foi assinalado. Sebastián Rodríguez bateu firme, pelo alto, e decretou o empate aos 11 minutos do segundo tempo.

Os equatorianos passaram a catimbar o jogo e o Atlético-MG pagou caro pela falta de experiência do volante Allan. Ele levou uma peitada de Jackson Rodríguez e revidou com uma cotovelada. O árbitro Fernando Rapallini viu o lance no monitor e usou dois pesos em sua decisão. Deu amarelo para o atleta equatoriano e expulsou o jogador brasileiro.

Com um homem a menos, o Atlético-MG se fechou de vez. Nesse momento de pressão, dois jogadores do time brasileiro se destacaram. Everson, que pegou tudo lá atrás, e Hulk, que segurou a defesa rival sozinho na frente.

No final do jogo, o astro atleticano teve tudo para sair do Equador como herói. Ele sofreu pênalti aos 40 minutos após ser puxado dentro da área. Depois de muita catimba, Hulk foi para a cobrança, mas Pedro Ortiz foi bem no lance e fez a defesa.

FICHA TÉCNICA:

EMELEC 1 x 1 ATLÉTICO-MG

EMELEC - Pedro Ortiz; Carabalí, Mejia, Guevara e Pittón; Arroyo, Sebastián Rodríguez, Zapata, Cevallos Júnior (Romário Caicedo) e Jackson Rodríguez (Vera); Cabeza (Quiroga). Técnico: Ismael Rescalvo.

ATLÉTICO-MG - Everson; Guga, Nathan Silva, Júnior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Otávio, Nacho Fernández; Rubens, Hulk e Ademir (Vargas). Técnico: Antonio Mohamed.

GOLS - Ademir, aos 15 minutos do primeiro tempo. Sebastian Rodríguez, aos 11 minutos do segundo tempo

CARTÕES AMARELOS - Pittón, Cabeza, Jackson Rodríguez, Mejia, Guevara, Arroyo (Emelec). Nathan Silva (Atlético-MG).

CARTÃO VERMELHO - Allan (Atlético-MG).

ÁRBITRO - Fernando Rapallini (ARG).

LOCAL - Estádio George Capwell, em Guayaquil.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;