Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 17 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Nadal retorna a Wimbledon após três anos com dura vitória diante de argentino



28/06/2022 | 15:10


Rafael Nadal não é especialista em grama, mas busca superação em Wimbledon, onde não é campeão desde 2010. Depois de ganhar os dois primeiros Grand Slans do ano (Aberto da Austrália e Roland Garros), o espanhol sonha em ir longe em Londres e o primeiro passo veio com vitória dura sobre o argentino Francisco Cerundolo, por 3 a 1, parciais de 6/4, 6/3, 4/6 e 6/4 em seu retorno ao torneio após três anos.

Depois de se ausentar de Wimbledon nas duas últimas edições por causa de problemas físicos e das dores no pé esquerdo - jogos na grama forçam mais as articulações - Nadal pisou na quadra central após três anos sob forte aplauso. O público queria ver o espanhol em ação e aplaudiu belas jogadas contra o

Argentino, com boas passadas e até aces.

Com o impedimento de russos e bielo-russos jogarem em Wimbledon por causa da invasão à Ucrânia, o quarto do ranking Nadal entrou na competição como cabeça de chave 2, em lado oposto da chave do rival Novak Djokovic, um dos favoritos na Inglaterra e com o qual muitos sonham em ver a decisão do terceiro Grand Slam do ano.

O espanhol começou bem o jogo contra o argentino e foi logo abrindo 3 a 1 com um quebra. Mas permitiu reação e o empate. Com 5 a 4, não desperdiçou o segundo set point no serviço de Cerundolo e fechou em 6 a 4. No segundo set, o espanhol não foi incomodado. Quebrou na sexta parcial e fechou no terceiro set point em 6/3.

O terceiro set começou com a impressão que Nadal passaria fácil, com quebra logo de cara. O espanhol sacou mal, porém, e permitiu o 2 a 2. Cerundolo pressionou e abriu 5 a 3, com o saque, para diminuir o placar. Fechou em 6/3.

DEMAIS RESULTADOS

Em outros jogos da abertura do segundo dia em Wimbledon, o suíço Holger Rune, cabeça 24, foi eliminado pelo americano Marcos Giron com 6/3, 7/5 e 6/4. Já o australiano Alex de Minaur (19) confirmou o favoritismo diante de Hugo Dellien, passando com 6/1, 6/3 e 7/5, enquanto o americano Jenson Brooksby (29) passou pelo Casaque Mikhail Kukushkin também em sets diretos. Fez 6/3, 6/2 e 6/3.

Cabeça de chave 18, o búlgaro Grigor Dimitrov abandonou o jogo contra Steve Johnson, por lesão, no segundo set. Ele ganhou a primeira parcial por 6/4 e perdia a segunda por 5 a 2 quando desistiu após receber atendimento. Com facilidade, o holandês Botic van de Zandschulp (21) superou o espanhol Feliciano López, com 6/2, 6/3 e 6/3.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;