Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 17 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Neymar é comunicado pelo PSG de que não está mais nos planos do clube, diz jornal



28/06/2022 | 15:00


Uma bomba sacudiu o noticiário do futebol internacional nesta terça-feira. Segundo o jornal El País, o Paris Saint-Germain comunicou Neymar de que o brasileiro não faz mais parte dos planos do clube. A decisão já teria sido informada ao pai do camisa 10, responsável pela carreira do jogador, e teria a "bênção" do atacante Kylian Mbappé, principal nome do time na última temporada.

De acordo com a publicação, a decisão por não contar mais com Neymar começou a tomar forma após o clube renovar o contrato com Mbappé, principal referência do projeto esportivo do PSG atualmente. Porém, a estrela francesa de 23 anos exigiu mudanças para estender o seu vínculo. Entre elas, a saída do brasileiro Leonardo do cargo de diretor esportivo, de quem Neymar é próximo.

Durante as conversas pela renovação, Mbappé ainda teria se queixado à diretoria parisiense da indisciplina de Neymar durante a rotina de treinos e na recuperação de lesões. O atacante da seleção francesa acertou no mês passado a sua permanência no PSG até 2025, em uma longa novela que quase terminou com a jovem estrela no Real Madrid.

Ainda de acordo com a reportagem, o PSG busca uma solução amigável para o caso. O pai de Neymar se mostrou compreensivo, mas exige o pagamento do que está estipulado no contrato, válido até 2025 e com cláusula de renovação automática por mais dois anos. O valor gira na casa de 200 milhões de euros (R$ 1 bilhão).

"O PSG está procurando um clube comprador para assumir a transferência e os custos do contrato, mas como isso parece impossível, como indicam os funcionários do Al-Khelaifi, a opção mais realista é realizar um empréstimo. Diante dessa possibilidade, o PSG informou ao pai de Neymar que estaria disposto a pagar a parte do salário que o clube de destino não assumiu, e que faria a renda por meio de sua fundação, o Instituto Neymar Júnior. A empresa, com base em São Paulo, é patrocinada, entre outras empresas, pela Qatar Airways", diz o texto.

Na última semana, o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, despistou sobre uma possível saída do craque brasileiro. Ao diário esportivo Marca, da Espanha, ele se limitou a dizer que "jogadores sairão", mas disse não poder falar abertamente sobre as negociações com a imprensa.

Neymar foi contratado pelo PSG junto ao Barcelona, em 2017, por 222 milhões de euros (R$ 812 milhões na cotação da época), se tornando o jogador mais caro da história do futebol. Apesar das grandes atuações no Campeonato Francês, o brasileiro não conseguiu levar o clube de Paris ao título da Liga dos Campeões, acumulou lesões e caiu em desgraça com os torcedores. Na última temporada, o atacante fez apenas 13 gols em 28 jogos.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;