Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 11 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

tecnologia@dgabc.com.br | 4435-8301

Smartphone usado: veja dicas na hora da compra

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Da Redação
Do 33Giga

28/06/2022 | 13:55


Para ter um bom celular em mãos hoje em dia, nem sempre é necessário comprá-lo novinho na loja por um preço alto. Se você gosta de trocar de telefone todo ano e usar aparelhos top de linha, algumas empresas lançaram a assinatura de celular no Brasil – um contrato de aluguel.

O segredo, de acordo com a Proteste, é fazer a escolha na ponta do lápis para saber se vale, realmente, a pena o novo serviço. Mas, se deseja investir um pouco menos na novidade e dar upgrade no modelo do seu celular. outra possibilidade é comprar um aparelho de smartphone usado.

Dados da consultoria IDC Brasil, de 2021, mostram que o mercado de smartphone usado ou de geração anteriores está crescendo. Por exemplo: a varejista Trocafone, especializada em compra e venda de aparelhos usados, representava 7,2% das vendas totais de smartphones em 2020.

“O segmento de smartphone usado tem potencial de crescimento anual de 16%. Assim, é possível encontrar bons descontos no mercado”, afirma Daniel Barros, especialista PROTESTE.

No recommerce estratégia que consiste na compra ou venda on-line de produtos de segunda mão, há muitas empresas com boa reputação. Elas inspecionam e classificam os celulares para a venda, dando mais segurança ao consumidor.

“Já no comércio informal, o usuário deve ficar atento a alguns cuidados para evitar dor de cabeça”, alerta o especialista.

Confira algumas dicas importantes na hora de comprar um smartphone usado:

  • Exija a nota fiscal do produto para ter garantia de que não se trata de um produto roubado e compare a nota fiscal com a informação que tem na caixa do produto e certifique que a nota pertence aquele produto;
  • Confira a nota com o modelo de celular e o nome do comprador anterior;
  • Dê preferência para comprar de conhecidos, caso opte pelo mercado informal;
  • Fique atento ao tempo de uso do celular, porque um smartphone com mais anos de uso pode não ter seu sistema operacional atualizado, impossibilitando o uso de alguns apps;
  • Verifique se há alguma restrição no IMEI (número que identifica cada aparelho, uma espécie de RG do celular) na Anatel. Outra forma de consultar é acessando o site IMEI24. Você pode verificar o número de IMEI do aparelho por meio das configurações do dispositivo;
  • Teste as câmeras frontais e traseiras, tirando algumas fotos; e as conexões Wi-Fi, roteador e Bluetooth;
  • Confira as entradas do smartphone: leve um fone de ouvido com fio e teste ligando para outra pessoa. Também cheque se está carregando;
  • Leve um chip e faça uma chamada telefônica;
  • Avalie a vibração do aparelho e se o GPS está funcionando;
  • Observe marcas de impacto, porque isso pode afetar o funcionamento do celular no futuro.


Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;