Fechar
Publicidade

Sábado, 13 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Correção: durante cúpula, Otan tratará de desafio imposto pela China



28/06/2022 | 11:11


A nota enviada anteriormente traz uma incorreção no segundo parágrafo. A cúpula quer garantias para que a China não dê apoio militar à Rússia - e não à Ucrânia, como publicado. Segue o texto corrigido.

O conselheiro de Segurança Nacional da Casa Branca, Jake Sullivan, afirmou que a cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) vai discutir "de forma clara o desafio multifacetado" imposto pela China à Aliança.

Segundo Sullivan, a prioridade é garantir que a China não dê apoio militar à Rússia ou aja de forma a "minar" as sanções impostas pelos EUA. Além disso, o conselheiro americano cobrou Pequim para usar sua influência sobre Moscou em prol do fim da guerra na Ucrânia.

Na reunião, que começa nesta terça-feira, 28, em Madri, Espanha, os países membros vão adotar uma nova estratégia de longo prazo para a Otan após 12 anos, e além da ameaça chinesa, a Rússia passará a ser classificada como oposição, segundo Sullivan. Também serão consideradas ameaças à segurança tecnológica, ambiental e a "recente ascensão" do terrorismo, disse.

Sullivan chamou o ataque russo a um shopping na cidade de Kremenchuk, na Ucrânia, de "horrível" e prometeu que os EUA delineará planos junto à Otan para continuar dando suporte ao país nos próximos meses.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;