Fechar
Publicidade

Domingo, 14 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Operário faz dois de cabeça, vence a Chapecoense e respira na Série B



27/06/2022 | 22:30


Com dois gols de cabeça, o Operário venceu a Chapecoense na noite desta segunda-feira, por 2 a 1, no estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa, na abertura da 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Willian Machado, Júnior Brandão e Chrystian marcaram os gols do jogo.

O resultado foi importante para encerrar uma sequência de três jogos sem vitória do Operário, que ganhou quatro posições e aparece em oitavo lugar, com 19 pontos. Já a Chapecoense chegou a duas derrotas consecutivas e caiu para o 15º lugar, com 15 pontos.

Com bola rolando, a Chapecoense quase abriu o placar aos 12 minutos, quando Matheus Bianqui cruzou da direita, a defesa desviou e a bola sobrou para Tiago Real, que finalizou na trave esquerda de Vanderlei. Na sequência, a zaga do Operário afastou o perigo, evitando o gol dos visitantes.

Daí em diante o Operário equilibrou o confronto e construiu a vitória em jogadas pelo alto. Aos 33 minutos, Tomas Bastos cobrou escanteio da direita e o zagueiro Willian Machado desviou na primeira trave para as redes. Depois, aos 47, foi a vez de Júnior Brandão cabecear com categoria para ampliar.

No segundo tempo, o Operário teve postura mais cautelosa e também ficou em vantagem numérica, já que Perotti, da Chapecoense, foi expulso por acertar o braço no rosto do goleiro Vanderlei. Um lance bastante polêmico e que deixou o confronto bastante quente entre os jogadores.

Mesmo com um homem a menos, a Chapecoense não se abateu e conseguiu diminuir o placar aos 16 minutos, após Marcelo Freitas cruzar da esquerda e encontrar Chrystian para finalizar sem chances de defesa para Vanderlei.

O Operário não soube aproveitar a vantagem numérica e viu a Chapecoense ser melhor e merecer ao menos o empate. Aos 31, Chrystian perdeu grande chance após cruzamento, irritando o goleiro Vanderlei. Contudo, faltou qualidade aos visitantes, que acabaram amargando mais um resultado negativo.

O Operário volta a campo na sexta-feira para enfrentar o Brusque, às 21h30, no estádio Augusto Bauer, em Brusque. No mesmo dia, a Chapecoense receberá o Sampaio Corrêa, às 19 horas, na Arena Condá, em Chapecó.

FICHA TÉCNICA

OPERÁRIO 2 X 1 CHAPECOENSE

OPERÁRIO - Vanderlei; Arnaldo, Ronald (Lucas Vital), Willian Machado e Fabiano; Reniê, Ricardinho (Felipe Garcia), Tomas Bastos (Reina) e Giovanni Pavani; Paulo Sérgio (Júnior Brandão) e Silvinho (Felipe Saraiva). Técnico: Claudinei Oliveira.

CHAPECOENSE - Vagner; Frazan, Léo, Victor Ramos e Fernando; Pablo Oliveira (Matheus Bianqui), Marcelo Freitas (Lima), Tiago Real (Rodriguinho) e Orejuela (Éderson); Chrystian (Claudinho) e Perotti. Técnico: Gilson Kleina.

GOLS - Willian Machado, aos 33; e Júnior Brandão, aos 47 minutos do primeiro tempo. Chrystian, aos 16 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Maguielson Lima Barbosa (DF).

CARTÕES AMARELOS - Tomas Bastos e Giovanni Pavani (Operário); Frazan, Tiago Real e Chrystian (Chapecoense).

CARTÃO VERMELHO - Perotti (Chapecoense).

PÚBLICO - 2.862 pagantes.

RENDA - R$ 37.927,50.

LOCAL - Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa (PR).



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;