Fechar
Publicidade

Domingo, 14 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Indígenas rejeitam medidas de Lasso e mantêm protestos contra governo do Equador



27/06/2022 | 18:07


Líderes indígenas do Equador rejeitaram nesta segunda-feira, 27, as medidas do presidente equatoriano, Guillermo Lasso, e mantiveram os protestos que assolam o país há duas semanas. Na noite de domingo, 26, Lasso anunciou uma redução nos preços dos combustíveis, em uma tentativa de apaziguar as manifestações. Mas a Confederação das Nacionalidades Indígenas do Equador (Conaie), liderada por Leonidas Iza, disse que a redução era insuficiente.

Nesta tarde, a Conaie aceitou se reunir com o governo. Nas últimas semanas, os bloqueios de estradas e a ocupação de poços de petróleo ampliaram a crise no Equador. Se os protestos continuarem, diz o governo, a produção pode parar a qualquer momento.

Em meio aos protestos, o Congresso começou a debater uma proposta de impeachment de Lasso, que está no poder há um ano. A moção de censura foi apresentada pelo partido União pela Esperança, do ex-presidente Rafael Correa.

Os debates começaram no sábado e se estenderão até amanhã. A destituição precisa de 92 dos 137 votos da Assembleia Nacional, onde a oposição tem maioria, mas está fragmentada. Se aprovada, quem assume é o vice-presidente, Alfredo Borrero, que convocaria novas eleições. (Fonte: Associated Press)



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;