Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 17 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Adriane Bonato relembra de quando se afastou de Claudia Rodrigues devido aos sentimentos da atriz: -Disse que ela estava confundindo as coisas



26/06/2022 | 12:11


Claudia Rodrigues e Adriane Bonato estão curtindo muito o relacionamento das duas, e em conversa com o Extra, elas falaram sobre a intimidade do casal.

Até o momento as duas não possuem nenhum plano concreto de se casar, mas quando isso vier e acontecer, parece que Claudia tem exigências, como contou Adriane.

- Claudinha sempre disse que queria fazer todo o ritual do casamento, ter lua de mel. Engraçado que eu também tenho essa vontade, mas nunca tinha feito isso. E eu já tinha me casado outras quatro vezes. Aí falo isso para ela, que quero vê-la de véu e grinalda, e ela fica rindo.

Claudia completou, falando mais sobre seus desejos em um casamento.

- Eu sonho mesmo em me casar vestida de noiva. Só tenho que achar um vestido que não tenha cauda longa e também não me deixe parecendo a daminha de honra. Olha o meu tamanho.

Apesar de as duas terem assumido o relacionamento apenas recentemente, o amor entre elas já vinha surgindo há algum tempo.

- Eu sou direta. Tem um tempo que eu já sou apaixonada por ela. Lembro quando fiquei em coma por dez dias. Quando acordei, quem estava no quarto rezando pela minha vida era a Dri. Acha que eu reagiria como? Isso foi muito forte, percebi que estava mesmo apaixonada, explicou Claudia.

Adriane também explicou os motivos pelos quais se afastou de Claudia e decidiu romper a relação profissional das duas antes de assumirem um relacionamento. Segundo Claudia, tudo aconteceu quando em uma festa, ela chegou até Adriane e lhe deu um selinho. Adriane então contou:

- Foi a hora em que eu me afastei. E disse que ela estava confundindo as coisas, porque Claudia gostava de homem. Eu já tinha percebido que tinha mudado o tom da nossa relação, mas me fingi de planta. Antigamente, ela trocava de roupa no quarto, trancada. Passou a trocar na minha frente, perguntava se estava emagrecendo, se estava bom assim, assado. Eu saía pela tangente, mas começa a ficar difícil. Um dia, você ama sozinha. No outro, o sentimento começa a ser correspondido. O que era impossível parece se tornar possível. Como é que a gente fica? Será que isso vai dar certo? Rola questionamento.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;