Fechar
Publicidade

Domingo, 14 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Torcida empurra o Vasco para a vitória sobre o Operário por 3 a 0



24/06/2022 | 21:32


Mais uma vez empurrado por sua torcida, que voltou a lotar São Januário e fazer dele um verdadeiro caldeirão, o Vasco venceu o Operário-PR, por 3 a 0, nesta sexta-feira à noite, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Único invicto, o cruzmaltino segue na cola do líder Cruzeiro e, neste momento, estão separados por apenas um ponto: 30 a 31.

Após esta oitava vitória, o Vasco parece determinado a garantir sua volta à elite em 2023. Abriu 10 pontos de vantagem sobre o Sport, o quinto colocado. Metade de pontos já está garantida, porque, em princípio, a marca de 60 pontos deve confirmar o acesso.

Não foi aquela atuação primorosa, mas isso pouco importava para os torcedores eufóricos, enlouquecidos que faziam tremer as arquibancadas. Os gols saíram no segundo tempo. O primeiro em cruzamento de Nenê, desviado de cabeça por Quintero, aos 33 minutos do segundo tempo. Nenê ampliou, de pênalti, aos 43 minutos, sem correr risco. Bateu no alto e forte, sem chance de defesa para o goleiro.

Por fim, um golaço de falta de Palacios, aos 50 minutos, em um chute que passou por cima da barreira e entrou no ângulo, balançando as redes e emocionando a torcida. E também o próprio chileno que comemorou seu primeiro gol no Brasil tirando a camisa se atirando no gramado e chorando. Recebeu o cartão amarelo.

Ao final do jogo a festa continuou por mais 20 minutos. Os jogadores se abraçaram, pularam e vibraram perto dos torcedores.

E pensar que no primeiro tempo, o Operário-PR surpreendeu com uma marcação alta. Além de finalizar duas vezes com perigo, em chutes de Reniê e Tomas Bastos, exigindo boas defesas de Thiago Rodrigues. Mas a noite estava mesmo iluminada para os vascaínos, que deixaram o time paranaense com 16 pontos e na 11ª colocação.

Os times voltam a campo pela Série B ainda nesta semana. Sem tempo para pensar na festança de São Januário, o Operário agora volta para Ponta Grossa (PR), onde recebe, na próxima segunda-feira, no estádio Germano Kruger, às 20h, a Chapecoense, na partida que abre a 15ª rodada. Enquanto isso, o Vasco entrará em campo somente na quarta-feira, quando encara o Novorizontino, no estádio Jorge Ismael de Biasi, no interior paulsta, a partir das 21h30.

FICHA TÉCNICA

VASCO 3 X 0 OPERÁRIO-PR

VASCO - Thiago Rodrigues; Weverton, Quintero, Anderson Conceição e Edimar; Yuri Lara (Juninho), Andrey dos Santos e Nenê (Matheus Barbosa); Figueiredo, Getúlio (Palacios) e Gabriel Pec (Raniel). Técnico: Maurício Souza.

OPERÁRIO-PR - Simão; Thales (Ronald), Reniê e Willian Machado (Júnior Brandão); Arnaldo, Ricardinho, Tomas Bastos (Reina), Giovanni Pavani (Giovani Albuquerque) e Fabiano; Paulo Sérgio e Silvinho (Felipe Saraiva). Técnico: Claudinei Oliveira.

GOLS - Quintero, aos 33, Nenê, pênalti, aos 43 e Palácios, de falta, aos 50 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP)

CARTÕES AMARELOS - Yuri Lara, Palacios (Vasco); Thales, Willian Machado, Paulo Sérgio (Operário-PR).

RENDA - R$ 579.022,00.

PÚBLICO - 21.739 torcedores.

LOCAL Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;