Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 17 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Fundação do ABC continuará à frente da gestão do Hospital Mário Covas

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Instituição receberá cerca de R$ 1,1 bilhão em 5 anos de contrato para gerenciar unidade de saúde


Wilson Moço
Diário Do Grande ABC

24/06/2022 | 23:59


A FUABC (Fundação do ABC) venceu chamamento público do governo do Estado de São Paulo e seguirá à frente da gestão do Hospital Estadual Mário Covas, em Santo André, por mais cinco anos. Tanto as áreas clínicas quanto administrativas permanecem sob responsabilidade da FUABC, em acordo firmado no modelo de OSS (Organização Social de Saúde). O novo contrato teve início neste mês, com valor mensal fixado em R$ 18.680.440, ou seja, em torno de R$ 1,1 bilhão no total.


Estão previstas no contrato de gestão, mensalmente, 9.300 consultas em 30 especialidades, considerando primeira consulta, interconsultas e retornos; 4.400 consultas não-médicas nas áreas de enfermagem, farmácia, fonoaudiologia, nutrição, psicologia, terapia ocupacional e odontologia/buco-maxilo; 2.200 exames, como radiografia, ultrassonografia, tomografia, endoscopia e ressonância magnética, entre outros; 3.500 tratamentos clínicos de quimioterapia, radioterapia, hormonioterapia e diálise; além de 1.200 cirurgias (sendo 700 urgentes e eletivas e 530 ambulatoriais de pequeno porte).


Presidente interino da FUABC desde a saída de Regina Maura Zetone, por volta do dia 20 de abril, o vice Luiz Mário Pereira de Souza Gomes comemora o resultado da concorrência e avalia que é em razão do desempenho da instituição à frente do hospital, mas também em razão de a Fundação ter apresentado projeto que reforça oferta de trabalho com “qualidade e economicidade”.


“Contamos com a experiência dos profissionais da FUABC, do hospital e também do Centro Universitário FMABC, tendo em vista que o Mário Covas é um hospital-escola. Ficamos muito felizes com o resultado do chamamento público e a vitória da FUABC. Foi a confirmação de que fizemos um bom trabalho até aqui, e de que nossas ideias e o planejamento para os próximos anos são, de fato, as melhores escolhas para o hospital e seus usuários”, comentou.


DESDE O INÍCIO
O gestor lembra ainda que a Fundação do ABC está à frente do hospital desde a inauguração, em 2001, que marcou também o início da parceria com o governo do Estado na gestão de equipamentos de saúde. “A história do Hospital Mário Covas está entrelaçada à FUABC. Trabalhamos nessa unidade desde a retomada das obras até a efetiva inauguração. Foi a primeira parceria da Fundação com o Estado como Organização Social de Saúde. Mais de 20 anos se passaram e o hospital se consolidou como referência em alta complexidade para a nossa região, sinônimo de qualidade, seriedade e de compromisso com o paciente”, disse Luiz Mário Pereira de Souza Gomes.


A fim de garantir o cumprimento de metas e a assistência de qualidade, o contrato de gestão vincula os repasses financeiros do governo do Estado a indicadores de qualidade e de produtividade pré-estabelecidos. Dessa forma, a Fundação do ABC assegura à população atendimento humanizado, resolutivo e segundo os mais rigorosos padrões de qualidade para a área da saúde.


“Ficamos muito satisfeitos com o resultado do certame, que reflete o trabalho sério e os excelentes resultados que o hospital vem obtendo ao longo dos anos. Trata-se de uma parceria bem-sucedida entre a FUABC e o governo do Estado, que tem como pilares os funcionários altamente comprometidos e qualificados, assim como a participação ativa do Centro Universitário FMABC, com pesquisa, ensino e assistência a partir de seus cursos de graduação, pós-graduação, residência médica e multiprofissional”, revela o diretor-geral do Hospital Estadual Mário Covas, Adilson Cavalcante.

QUALIDADE CERTIFICADA
Referência no atendimento de alta complexidade para moradores dos sete municípios do Grande ABC (Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra), o HEMC beneficia cerca de 3 milhões de pessoas, conta com 2.500 profissionais e 300 leitos de internação. Em 2021, realizou 138 mil consultas, 404 mil exames e procedimentos, 8,9 mil cirurgias e 10,6 mil internações.


Neste ano, a unidade reafirmou o compromisso de manter a assistência e a segurança do paciente como focos de qualidade e assegurou a manutenção do nível 3 da Acreditação ONA (Organização Nacional de Acreditação), certificação que traduz o nível de excelência no setor de saúde do País. O Hospital Mário Covas conquistou a ONA 3 em 2018, como resultado do programa de qualidade voltado à melhoria permanente dos serviços prestados à população e ao aperfeiçoamento dos protocolos e procedimentos médicos.


Além da ONA, a unidade conquistou, em 2021, a certificação internacional QMentum Diamante. Após análise de dois anos dos resultados obtidos pelo hospital, o IQG (Instituto Qualisa de Gestão) ratificou a acreditação. O Qmentum é resultado de parceria do IQG com a HSO (Health Standards Organization – antiga Accreditation Canada International) e possibilita que as instituições de saúde brasileiras acessem a padrões internacionais de excelência e inovação. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;