Fechar
Publicidade

Domingo, 3 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Metrô vai entregar estudo da Linha 20 no fim do ano

André Henriques/DGABC 15/7/21 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Modal prevê ligação do Grande ABC à Capital; empresa também levanta o impacto ambiental


Daniel Tossato

23/06/2022 | 08:38


O Metrô informou ontem (23) que já trabalha no anteprojeto da Linha 20-Rosa, que prevê vai ligar o Grande ABC à Capital, e que estima concluir o estudo até o fim do ano. O projeto é importante para definir exatamente por onde o traçado do modal deverá passar, além de apontar a localização exata das estações.

O Diário questionou a STM (Secretaria dos Transportes Metropolitanos) após o governo do Estado, junto do Metrô, veicular propaganda na televisão em que mostra a Linha 20-Rosa como integrante da malha metroviária. O modal é uma das principais demandas da região junto ao Palácio dos Bandeirantes, administrado pelo governador Rodrigo Garcia (PSDB).

Além do anteprojeto, o Metrô informou que, paralelamente, também realiza o EIA/Rima (estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental). O levantamento é o que deverá atestar a viabilidade do empreendimento e também deverá fornecer dados para mitigar os impactos da obra nas cidades que deverá cruzar, como Santo André e São Bernardo.

"O Metrô trabalha na elaboração do anteprojeto de engenharia da Linha 20-Rosa, que é fundamental para a definição de traçado e localização exata das estações, além de dar os subsídios para a contratação do projeto básico. A meta é concluir esse estudo até o fim do ano. Paralelamente, a companhia elabora o EIA/ Rima, que é o estudo e relatório de impacto ambiental, atestando a viabilidade e fornecendo as informações para mitigar os impactos da obra", informou a Secretaria dos Transportes Metropolitanos ao Diário, por meio de nota.

O traçado da Linha 20-Rosa deverá contar com 24 estações, conforme projeção do governo. No Grande ABC serão seis: quatro em Santo André e duas em São Bernardo. A linha deverá sair do bairro da Lapa, na Capital, da Estação Santa Marina, sendo que o ponto final tem projeção de ser em Santo André, na Estação Celso Daniel, que também compreende a Linha 10-Turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). Há previsão de que a Linha 20 também cruze com o BRT ABC, na futura parada Afonsina, em Santo André.

No começo deste ano, o Metrô informara que os estimados 33 quilômetros da linha deverão ser subterrâneos e que conectará oito linhas da CPTM e do próprio Metrô. Há possibilidade de que um pátio de manutenção e de manobras ocupe área que pertence à Rhodia, na região central de Santo André.

MODELO FINANCEIRO

No fim do ano passado, o Metrô publicou o vencedor da licitação para contratar o Financial Advisory, que desenvolverá o modelo econômico-financeiro e jurídico para a implantação da Linha 20-Rosa. O Consórcio LogitQueirozMaluf-Almeida& Fleury-EGT foi selecionado.

Uma das ideias da Financial Advisory é atrair a participação de investidores que podem ajudar a bancar todo o projeto.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;