Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 24 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

São Paulo tropeça diante do Ceará e perde chance de dormir no topo do Brasileirão



28/05/2022 | 21:15


Por Gonçalo Júnior

O empate do São Paulo com o Ceará, por 2 a 2, no Morumbi, neste sábado, representou um tropeço em duas frentes diferentes para o time paulista. No Campeonato Brasileiro, a equipe de Rogério Ceni perdeu a chance de assumir a ponta, mesmo que provisoriamente. Corinthians (14) e Palmeiras (12) jogam neste domingo. Algumas vaias foram ouvidas no final do jogo no Morumbi.

A igualdade também interrompe a série de 11 vitórias seguidas no Morumbi, considerando também as partidas do Campeonato Paulista, Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e Copa sul-americana. A equipe tricolor perdeu a chance de igualar o recorde de 12 triunfos de 2015. Foi o sexto empate seguido entre as duas equipes.

Depois de poupar vários atletas contra o Ayacucho, pela Copa Sul-Americana, na quarta, o São Paulo escalou força total e optou por uma formação com três zagueiros (Diego, Arboleda e Léo). Além da escalação titular, o time do Morumbi entrou em um ritmo forte, marcando a saída de bola e atacando pela velocidade pelos lados, principalmente pela direita, com Rafinha.

Foi dele o passe para o primeiro gol do São Paulo. Com um cruzamento perfeito, mesmo sem chegar à linha de fundo, o veterano encontrou o atacante Calleri na área aos 7 minutos. Sempre bem posicionado, o argentino cabeceou para fazer seu 8º gol na competição. O gol foi parecido àquele que o time do Morumbi marcou no Maracanã na derrota para o Flamengo.

A vantagem do São Paulo não significava um domínio amplo. Esperto, o técnico Dorival Junior colocou três atacantes para apertar os defensores do Morumbi. Com isso, não havia sobra na marcação. Também saindo para o ataque, o time cearense equilibrou a partida e não desperdiçou a chance que teve. Arboleda errou a saída de bola e permitiu uma contra-ataque com a defesa desarrumada. Cléber avançou e empatou aos 36. O lance ilustrou as dificuldades que o time encontrava na saída de bola e recomposição da defesa.

Embora a atuação fosse irregular na parte defensiva, o São Paulo jogou bem do meio para a frente, com velocidade e precisão nos passes. Com isso, o time conseguiu nova vantagem cinco minutos depois. Após boa troca de passes, Calleri inverteu os papéis e ajeitou para Nestor marcar de fora da área.

Repetindo o comportamento da etapa inicial, o Ceará não se encolheu. A entrada de Mendoza e Vina manteve a proposta ofensiva. Prova disso foi a defesa difícil que Jandrei fez nos pés de Vina no início da etapa final. Com maior posse de bola e variações ofensivas, o Ceará conseguiu o empate aos 26. Após cobrança de escanteio, Mendoza completou.

O São Paulo caiu no segundo tempo, do ponto vista técnico e físico, e chegou a correr riscos de ser derrotado. As alterações do Ceará funcionaram melhor. No final, vaias foram ouvidas no Morumbi.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 2 X 2 CEARÁ

SÃO PAULO - Jandrei; Diego, Arboleda e Léo; Rafinha (Igor Vinicius), Igor Gomes, Nestor (Maia), André (Eder) e Reinaldo (Wellington); Luciano (Rigoni) e Calleri. Técnico: Rogério Ceni.

CEARÁ - João Ricardo; Michel (Nino), Gabriel, Luiz Otávio e Bruno; Lucas (Vina), Richardson, Wescley (Mendoza) e Lima; Cléber (Mateus)e Yuri (Victor). Técnico: Dorival Jr.

GOLS - Calleri, aos 7, Cléber, aos 36 e Nestor, aos 41 minutos do primeiro tempo; Mendoza, aos 26 do segundo.

ÁRBITRO - Bruno Arleu de Araújo (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Lucas, Richardson, Mendoza, Geovane e Bruno (Ceará). André Anderson e Rafinha (São Paulo).

CARTÃO VERMELHO - Igor Gomes (São Paulo).

PÚBLICO - 32.977 pagantes.

RENDA - R$ 1.413.274,0



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;