Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 28 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Maicon vê o Santos em evolução e com totais condições de superar o Palmeiras



27/05/2022 | 14:05


Desde um 2 a 0 em outubro de 2019 pelo Brasileirão que o Santos não supera o Palmeiras. Nos últimos cinco jogos, somente derrotas. O jejum incomoda os santistas, mas o zagueiro Maicon esbanja confiança que a marca negativa chegará ao fim no domingo, na Vila Belmiro. Na visão do defensor, a equipe esta em evolução e pronta para festejar o retorno de triunfos contra o oponente.

"A gente vai dar nosso melhor, fazer o possível para sair com a vitória. É um jogo diferente, um clássico. Em todos que disputei, vi que foram feitos para ganhar e temos condições", afirmou Maicon. "Clássico se disputa para ganhar e tenho certeza que vamos, o time vai jogar em casa. Não digo que é favorito, porém se eliminar erros o máximo possível, diante de uma grande equipe, de qualidade, O Santos tem boas chances."

Santista de coração, assim como toda sua família, Maicon não vê a hora de dar mais uma alegria para a torcida. "É um jejum que ninguém quer, mas o clássico tem um sabor especial, e domingo será outro jogo, outra atmosfera, com casa cheia, e O Santos tem tudo para sair com um resultado positivo", previu, novamente esbanjando confiança.

O zagueiro ainda deu a dica para o Santos sair vencedor. "Sabemos que o Palmeiras tem um ataque bastante leve e rápido, que joga no contra-ataque. Ciente disso, vamos tentar eliminar o espaço, o Rony é um jogador de bastante intensidade, e se eliminá-lo, isso pode nos facilitar. A concentração também fará a diferença, a maneira como se entra em campo vai ditar o resultado. E estamos bem concentrados."

Maicon revela que o time iniciou a temporada com complicações por causa da covid-19, o que atrapalhou bastante na forma física e para a não classificação ao mata-mata no Paulistão. Hoje ele vê o Santos "voando" e pronto para encarar qualquer adversário.

"A equipe está crescendo, evoluindo bastante, principalmente na parte física, que é o que ajuda bastante. No começo sofremos com a covid-19 e isso acabou atrapalhando. Cheguei depois, mas vi que a intensidade, o ritmo, o treino mudou e estamos mais fortes e competitivos."



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;