Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Lira sugere que governo deixe de ser acionista majoritário na Petrobras



27/05/2022 | 12:24


O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), avaliou nesta sexta-feira, 27, ser inadequado iniciar o processo de privatização da Petrobras, sugeriu que o governo venda a participação das ações da empresa sob controle do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e deixe o controle acionário na petroleira. "Ele (governo) poderia vender as ações que tem no BNDES, em torno de 14%, e deixaria de ser majoritário", afirmou o presidente da Câmara durante entrevista à Rádio Bandeirantes.

Lira sugeriu que a operação seja feita por um projeto de lei, ou após "uma discussão mais aprofundada". "Ou a gente privatiza essa empresa, ou a gente toma medidas mais duras."

Para o deputado, a empresa se protege "no fato de o governo ser majoritário para não pagar o desgaste da sua inação, dessa sua falta de sensibilidade".

Segundo Lira, se o governo deixar de ser o acionista majoritário, ele "tiraria das suas costas essa responsabilidade da falta de sensibilidade da Petrobras", disse.

Sobre a disparada nos preços dos combustíveis, o presidente da Câmara voltou a citar exemplos de petroleiras que, segundo ele, "têm tido a sensibilidade de abrir mão de parte dos seus lucros abusivos para, ou bancar subsídio direto, ou congelar seus preços, ou fazer algum ato direto para a população".



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;