Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Kiev rejeita sugestões de que deveria ceder território a Moscou em troca da paz



26/05/2022 | 15:43


A Rússia intensificou seus ataques no leste da Ucrânia nesta quinta-feira, 26, montando ofensivas contra as cidades de Lysychansk e Severodonetsk, enquanto Kiev rejeitava sugestões de que deveria ceder território a Moscou em troca da paz.

O exército russo bombardeou assentamentos nas regiões de Kharkiv, Mykolayiv e Dnipropetrovsk, disseram autoridades locais nesta quinta-feira. Três pessoas morreram em Lysychansk, uma cidade que a Rússia tenta capturar enquanto disputa o controle da região de Luhansk, disse o governador de Luhansk, Serhiy Haidai. A Ucrânia disse que a Rússia também está fortalecendo suas linhas de defesa em torno de partes ocupadas do sul da Ucrânia, inclusive nas regiões de Kherson e Zaporizhzhia, enquanto tenta consolidar seu controle lá.

O ataque intensificado no leste da Ucrânia tem um alto custo para Moscou, que perdeu milhares de soldados desde que lançou sua invasão em 24 de fevereiro, segundo a inteligência ucraniana e autoridades ocidentais. Também ocorre em meio a sugestões de alguns no Ocidente de que Kiev deveria considerar concessões territoriais à Rússia em troca de paz.

Falando no Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, na segunda-feira, o ex-secretário de Estado dos EUA Henry Kissinger sugeriu que a Ucrânia deveria ceder território a Moscou como parte das negociações sobre um acordo de paz. Autoridades ucranianas rejeitaram vigorosamente a ideia de que a Ucrânia deveria recuar diante do ataque da Rússia. O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky rejeitou as sugestões feitas por Kissinger.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;