Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 30 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Gabriela Dalcin disputa uma vaga em grupo de K-pop



26/05/2022 | 08:12


"Ser uma artista internacional é uma consequência do meu sonho", diz Gabriela Dalcin, de 19 anos, a brasileira que está a um passo de se tornar a próxima integrante do grupo de K-Pop Blackswan. Em um concurso disputado inicialmente por quatro mil jovens de todo o mundo, a catarinense chegou à etapa final e agora compete apenas com a indiana Sriya - o resultado será divulgado nesta quinta-feira, 26.

Gabriela conta que seus pais ouviam música clássica desde que sua mãe ficou grávida dela. Aos 9 anos, começou a trabalhar no teatro musical e, aos 13, conheceu o pop coreano por intermédio de uma amiga. "Vi que tinha dança e canto e, como eu gostava disso no teatro musical, fiquei impressionada, porque é muito difícil fazer os dois ao mesmo tempo, são coreografias difíceis", comenta.

Foi em 2018 que ela entrou de vez para o universo do K-pop. A jovem passou a integrar o Queens of Revolution, grupo cover de Florianópolis, sua terra natal. Apenas em 2019, o grupo ganhou 11 prêmios em competições de dança e ficou em segundo lugar no K-Pop World Festival, a maior competição de cover de K-pop do mundo.

Apesar dos prêmios acumulados, a menina resolveu trilhar um caminho alternativo, iniciando a graduação em design gráfico na Universidade do Vale do Itajaí (Univali). "Meu pai já falou que, de primeira, ninguém nunca imagina que o filho vai ser um artista, mas quando eu disse que queria, ele me apoiou", afirma.

ESTRELA

E foram apenas dois semestres na universidade até ela ser selecionada como finalista do concurso para ser a quinta integrante do Blackswan. "A possibilidade de a Gabi se tornar uma estrela de K-pop é muito gratificante. Reforça o pensamento de que é possível buscarmos os nossos objetivos e sonhos. É no palco que ela se sente bem. A felicidade dela está diretamente ligada ao mundo do K-pop", reforça a mãe da jovem, Mauren Strassburger.

Mesmo acostumada com uma rotina corrida entre as aulas da faculdade e os ensaios do Queens of Revolution, Gabriela conheceu uma rotina ainda mais agitada na Coreia do Sul. Desde dezembro de 2021, ela está em treinamento com a DR Music Entertainment, empresa responsável pelo grupo Blackswan. De manhã, aprende o idioma coreano e depois passa o dia nos ensaios de canto e dança. "Em algumas semanas, fico ensaiando até tarde", diz.

Para ela, os últimos meses foram essenciais para se desenvolver e se sentir mais segura como artista. "Sinto que melhorei muito e que estou conseguindo mostrar isso. Evoluir é o mais importante porque ninguém nasce perfeito."

OUTRA BRASILEIRA

Além da correria, Gabriela também lida com a expectativa de descobrir o resultado do concurso. A nova integrante do Blackswan vai completar o grupo que já é formado pela brasileira Leia, as coreanas Yougheun e Judy e a senegalesa Fatou.

A internet impulsionou o gênero em todo o mundo, quando grupos como BTS, Blackpink, Exo, Twice e NCT passaram a dominar as plataformas de streaming.

Entre as principais inspirações de Gabriela, estão as cantoras pop norte-americanas Taylor Swift e Ariana Grande. Já entre as brasileiras, Anitta se destaca. "Eu sou muito apaixonada por ela, que começou no Brasil e agora desenvolve uma carreira internacional. Sou brasileira e também estou tentando construir isso fora do País, então ela me inspira", conclui.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;