Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 28 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

'Expressinho' de Rogério Ceni faz jogo morno, mas vence o fraco Ayacucho

Rubens Chiri/saopaulofc.net Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


25/05/2022 | 21:29


O Expressinho do São Paulo, que com Rogério Ceni no gol foi campeão da Copa Conmebol em 1994, voltou a campo em uma nova versão - e novamente com o ídolo tricolor em destaque, só que agora como treinador do time. Nesta quarta-feira, no Morumbi, a equipe só cumpriu tabela e venceu o Ayacucho, do Peru, por 1 a 0, pela Copa sul-americana.

O time já havia assegurado a liderança do Grupo D e a vaga nas oitavas de final com uma rodada de antecipação. Assim, Rogério Ceni aproveitou para dar um descanso aos seus principais jogadores e de quebra observou como as jovens promessas se sairiam em uma partida oficial.

Em campo, apenas o experiente zagueiro Miranda, ex-seleção brasileira, era o mais experiente. Se em 1994 o técnico Muricy Ramalho, então auxiliar de Telê Santana, colocou para disputar uma competição continental jogadores como o meia Juninho Paulista e os atacantes Denilson e Caio Ribeiro, agora em 2022 Rogério Ceni deu chances a jogadores como Caio e Talles, que disputaram a última edição da Copa São Paulo de Juniores - o time caiu na semifinal.

No primeiro tempo, a falta de entrosamento ficou evidente. Além de atuarem pouco tempo juntos no profissional, outro entrave foi o sistema de jogo adotado por Ceni, com três zagueiros, quatro no meio-campo e outros três atacantes.

A melhor chance para o São Paulo abrir o placar surgiu aos 12 minutos. Talles abriu para Juan, o goleiro do time boliviano Vidal saiu muito mal e a bola sobrou para Toró, que bateu, mas a bola desviou na defesa e saiu pela linha de fundo.

Um observador Rogério Ceni ainda reclamou de pênalti não marcado para o seu time aos 25, e foi só. Com um primeiro tempo ruim dos garotos, o treinador optou por mudanças para a segunda etapa - saíram Luan e Léo Silva e entraram os atacantes Maioli, outro que estava no time da Copinha, e o experiente argentino Emiliano Rigoni.

Rigoni atuava mais centralizado, tentando encontrar um dos atacantes em boas condições de finalização. Ainda com dificuldades para chegar ao gol do time peruano, Ceni mandou a campo Igor Vinícius no lugar de Toró. O objetivo era usar o grande corredor pela direita do ataque na tentativa de criar jogadas mais agudas pelo lado do campo.

Aos 15 minutos o São Paulo chegou com perigo. Talles abriu para Rigoni na direita. O argentino foi à linha de fundo e cruzou rasteiro para Juan, que quase conseguiu desviar para o gol.

Depois de o Ayacucho perder uma boa chance, o São Paulo acordou. Aos 23, Maioli deu lindo passe para Caio pela direita do ataque. Ele carregou a bola, entrou na área e bateu firme, mas o goleiro Vidal conseguiu espalmar.

Mas dois minutos depois, finalmente, os garotos do São Paulo conseguiram vencer a defesa peruana. Maioli subiu pela direita e cruzou na área. Toledo se atrapalhou para afastar a bola e ela sobrou para Caio, que ajeitou e bateu firme no canto esquerdo e estufou as redes do Morumbi, para a festa da torcida - foi o primeiro gol do atacante como jogador profissional.

Após o gol, o São Paulo cadenciou mais a partida e terminou a primeira fase da competição com 16 pontos. Agora, o time espera o sorteio das oitavas de final, marcado para a próxima sexta-feira às 13h (horário de Brasília) - o adversário será um dos oito times que virão da Copa Libertadores.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO - Thiago Couto; Lucas Beraldo, Miranda e Luizão; Léo Silva (Rigoni), Pablo Maia, Luan (Maioli) e Talles (Palmberg); Toró (Igor Vinícius), Juan (Alisson) e Caio. Técnico: Rogério Ceni.

AYACUCHO - Vidal; Salazar, Quina, e Magallanes; Toledo, Páucar, Barrios (Rebagliati), Techera (Olascuaga), Romaní (Sebastián Gonzales) e Guidino; Royón (Morales). Técnico: Alejandro Apud.

GOL - Caio, aos 27 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Carlos Benitez (PAR).

CARTÕES AMARELOS - Toledo, Magallanes e Páucar.

PÚBLICO - 16.696 pagantes.

RENDA - R$ 478.699,00.

LOCAL - Estádio do Morumbi, em São Paulo.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;