Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Djokovic vence novo pupilo do seu ex-treinador e vai à 3ª rodada de Roland Garros



25/05/2022 | 14:51


Novak Djokovic viveu situação incomum nesta quarta-feira, em Paris. Pela primeira vez, o tenista sérvio enfrentou um pupilo do seu ex-treinador, o eslovaco Marián Vajda, ao lado de quem obteve a maior parte de suas grandes conquistas. O número 1 do mundo encarou e venceu, com facilidade, o também eslovaco Alex Molcan por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/3 e 7/6 (7/4).

Apesar do placar tranquilo, Djokovic admitiu desconforto por jogar contra seu ex-treinador. "Tenho muito respeito por Alex. Ele tem um jogo que se encaixa bem à superfície. Espero que seja a última vez que enfrento Marian Vajda como técnico do meu oponente", declarou o líder do ranking.

Djokovic foi treinador por Vajda durante a maior parte de sua carreira. No breve período em que o técnico não fez parte de sua equipe, o sérvio caiu de produção e ficou longe dos grandes troféus. A recuperação no circuito veio justamente com o retorno da parceria, que enfim foi finalizada de vez em dezembro. Djokovic decidiu reduzir o tamanho de sua equipe, concentrando a função de técnico no croata Goran Ivanisevic.

Nesta quarta, o favorito só encontrou dificuldade no último set, decidido no tie-break. Antes de fechar o jogo em 2h16min de duelo, ele obteve quatro quebras de saque, em oito oportunidades, e perdeu o serviço por apenas uma vez. O sérvio terminou o duelo com 40 bolas vencedoras, contra 31 do eslovaco. E cometeu 19 erros não forçados, diante de 34 do adversário.

Na terceira rodada, o líder do ranking vai enfrentar o esloveno Aljaz Bedene, que avançou ao superar o uruguaio Pablo Cuevas por 4/6, 6/4, 7/6 (7/5) e 6/4. Bedene é o atual 195º do mundo, mas já figurou no 43º posto.

Atual número três do mundo, o alemão Alexander Zverev teve mais dificuldade para avançar na chave. Ele precisou buscar uma bela virada sobre o argentino Sebastian Baez após sair perdendo por 2 sets a 0. Após 3h36min, o favorito venceu por 3 a 2, com parciais de 2/6, 4/6, 6/1, 6/2 e 7/5.

Seu próximo adversário é o sérvio Filip Krajinovic, que derrotou o croata Borna Gojo em quatro sets: 7/6 (7/5), 6/2, 5/7 e 6/1.

No feminino, mais uma cabeça de chave se despediu. A romena Sorana Cirstea (26ª) caiu diante da americana Sloane Stephens por 3/6, 6/2 e 6/0. Já a canadense Leylah Annie Fernandez (17ª), atual vice-campeã do US Open, superou a checa Katerina Siniakova por 6/3 e 6/2.

COVID-19

O Grand Slam francês registrou seu primeiro caso de covid-19. A tenista checa Marie Bouzkova abandonou após o teste positivo e desistiu antes mesmo de entrar em quadra para seu jogo válido pela segunda rodada da chave de simples. A belga Elise Mertens, 31ª cabeça de chave, avançou diretamente para a terceira rodada. Bouzkova não revelou se apresenta sintomas, mas disse nas redes sociais que "assim que começar a se sentir melhor, voltará para as quadras".



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;