Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Randolfe é criticado por defender aliança entre Lula e Alckmin

Agência Senado/Edilson Rodrigues Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Leitores argumentam que senador deveria trabalhar pela população do Amapá, que o elegeu, em vez de passar o tempo fazendo política


Heitor Santos

24/05/2022 | 09:04


A defesa da dobrada eleitoral entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB), feita pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-Amapá) em entrevista ao Diário, foi duramente atacada pelos leitores do jornal. A aproximação de dois adversários históricos mereceu inúmeras manifestações nas redes sociais do jornal, especialmente Facebook e Instagram.

“Que vergonha eu sinto quando me deparo com esse sujeito falando tanta imbecilidade. E o pior é que a maioria dos políticos que o povo, inclusive eu, colocou no poder fala e faz tanta porcaria quanto esse cretino”, disse Roseli Fátima Monteiro dos Santos.

Alberto Werner Holzer afirmou que Rodrigues nem deveria estar defendendo a aliança, já que ele próprio saiu do PT, partido ao qual foi filiado de 1990 a 2005: “Está perdidinho. Embarcou em uma canoa furada e até os esquerdistas meteram o pé”.

Houve quem lembrasse que o senador não consegue convencer o eleitor nem de seu próprio Estado, tanto que teria decidido abandonar a disputa pela cadeira de governador na eleição de outubro. “Não existe nada pior no Amapá”, afirmou Silvio Ribeiro.

Anderson Viana Couto lembrou da participação de Rodrigues como vice-presidente da CPI da Covid, onde se aliou ao relator Renan Calheiros (MDB-AL), alvo de 25 inquéritos no STF (Supremo Tribunal Federal), e ao presidente Omar Aziz (PSD-AM). investigado por desvio de recursos da saúde no Amazonas. “Era pelo povo ou pelos interesses próprios?”

Ruth Gualdevi foi pelo mesmo caminho, argumentando que o representante da Rede deveria se dedicar mais aos eleitores do Amapá do que a fazer política. “Senador, trabalhe, afinal seu salário é garantido todo mês pelo trabalhador”, aconselhou.

Paulo Marin desafiou o senador a mostrar algum projeto que tivesse apresentado em favor do País desde que assumiu a cadeira no Senado Federal, em 1º de fevereiro de 2011. “Este Randolfe até agora na política nunca fez nada. Só fica causando, prejudicando quem quer fazer algumas melhoras. Está na hora de os brasileiros patriotas darem um basta”, disse, antes de completar que o parlamentar “não acredita no Brasil”.

Para Zezinho Nunes, Rodrigues tem interesse em eleger Lula para atrapalhar o bom trabalho que vem sendo feito pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição em outubro. “Vocês querem, mas o povo não deixará voltarem os bandidos vermelhos. Esta desgraça aí não tem nenhum projeto para o Brasil e fica só tentando atrapalhar quem quer trabalhar.”

Rodrigo Gisele desconfiou da repentina atração entre Lula e Alckmin, dois adversários históricos – o segundo chegou a dizer, tempos atrás, que o retorno do primeiro à Presidência da República seria voltar “à cena do crime”. “Respeito quem quer votar no PT, mas tem que ser muito inocente para acreditar que o Lula e o Alckmin são amiguinhos”, cravou.

No Instagram, praticamente todos os comentários na postagem sobre a entrevista com o senador rechaçaram o teor da entrevista. Alguns leitores sugeriram campanha para trocar os senadores na eleição de outubro.

“Por esses motivos (é) que temos (de) pôr senadores novos”, declarou Levi Santos. “Não vejo a hora de chegar a eleição para acabar com esses devaneios. Esse senhor e o que ele diz não me representam”, emendou Vagner Castro. 

Vando Farias criticou especialmente a declaração de Rodrigues de que Lula e Alckmin “estão juntos para virar página triste da história”: “Virar a página começa (por) você não se reelegendo para nada”. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;