Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Exército colombiano capacitará soldados ucranianos na remoção de minas terrestres



24/05/2022 | 08:20


Uma equipe do Exército da Colômbia viajará à Europa para capacitar soldados ucranianos em técnicas de remoção de minas terrestres, segundo anunciou o Ministério da Defesa da Colômbia nesta segunda-feira, 23. A capacitação é um pedido da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), que convidou o país a participar do Grupo de Contato em Defesa da Ucrânia.

A Colômbia é especialista em técnicas de desminagem por conta do conflito armado interno, iniciado há 58 anos. O país é um dos que mais possuem minas terrestres no mundo, de acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU).

Segundo o ministro da Defesa colombiano, Diego Molano, o pedido levou em consideração esse histórico e a existência de um centro de treinamento de desminagem militar em Tolemaida, uma base militar perto de Bogotá, caracterizado por ter "grande experiência em capacidades e em informação". "Isso será colocado a serviço dos militares ucranianos, cujo treinamento será dado por 11 engenheiros militares que irão para um país membro da Otan, vizinho à Ucrânia", declarou Molano.

O objetivo do treinamento, acrescentou o ministro, é possibilitar a limpeza de diversas cidades que ficaram sob ocupação russa na Ucrânia. As minas terrestres colocam a vida de centenas de pessoas em risco mesmo muito tempo depois do fim dos conflitos.

A Ucrânia precisará de cinco a sete anos, de acordo com as previsões mais otimistas, para limpar todo o seu território de minas e munições não detonadas, segundo disse no sábado passado a vice-ministra do Interior do país, Meri Akopian.

"Estimamos que cerca de 300 mil quilômetros quadrados de território estão contaminados. Isso é dezenas de vezes mais do que a experiência internacional. Se nos basearmos no fato de que um dia de combate ativo equivale a 30 dias de desminagem, segundo as mais otimistas previsões, precisaremos de cinco a sete anos para a desminagem total", declarou.

Na Colômbia, as explosões de minas terrestres já mataram mais de 2.300 pessoas e feriram cerca de 10 mil desde 1990, segundo o governo. Elas foram plantadas ao longo de décadas de conflito entre as Forças Armadas, rebeldes de esquerda, paramilitares de direita e cartéis de droga. (Com agências internacionais).



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;