Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Enel deixa cabos de energia elétrica expostos no Centro de Santo André

Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Concessionária optou por improvisação e deixou fiação exposta na calçada


Renan Soares
Especial Para o Diário

24/05/2022 | 00:01


Moradores e comerciantes que usam a Rua Gertrudes de Lima, no Centro de Santo André, tem convivido, há três meses, com cabos, cones e fitas da Enel. Isso porque, em março, fiação no subsolo da via apresentou problema, que deixou uma quadra inteira sem energia elétrica por três dias e, até ontem, a situação ainda não havia sido resolvida. Para restabelecer provisoriamente o serviço, a concessionária optou por improvisar fiação exposta na calçada, colocando em risco quem passa pelo local.

Além do perigo de entrar em contato com a rede elétrica, os fios no chão atrapalham pessoas que possuem problemas de locomoção e atravessam o acesso dos cadeirantes.

Flávio Raizer, 41 anos, proprietário de uma loja de consertos de celulares na rua, disse que a empresa já quebrou duas partes da calçada atrás da fiação com problema. “A gente ficou sem energia durante três dias. Eles (técnicos da Enel) vieram no dia 12 de março colocar esse cabo externo e, desde então, está desse jeito. Atrapalha os pedestres e a entrada dos cadeirantes. Fizemos várias reclamações. Tem dia que cai a energia porque passa carro e puxa o cabo. Várias vezes tivemos que ir ali e mexer para voltar”, conta.

Outro comerciante, Alexandre da Silva, 47, que tem um bar na via, disse que a situação ficou mais complicada porque na semana passada a caixa de onde os cabos saem apresentou princípio de incêndio e, desde então, quase todos os dias funcionários da Enel passam por lá. Ele conta que, em razão dos problemas de energia, já acumula cerca de R$ 4.000 de prejuízo entre produtos descongelados e dias fechados.

A equipe do Diário esteve no local e comprovou os problemas apresentados. Funcionários da Enel faziam mais um buraco na rua e afirmaram que o problema estava resolvido, mas os fios e a caixa de força provisórios não seriam retirados, já que havia acabado o expediente.

Em nota, a empresa assumiu a ligação improvisada. “A Enel esclarece que o cabo que aparece na calçada mencionada pela reportagem pertence a uma ligação provisória feita na região para manter o fornecimento de energia aos clientes. A concessionária esclarece que hoje (ontem) equipes estiveram no local e realizaram o reparo no cabo de baixa tensão. A ligação provisória será retirada do local até amanhã (hoje) e não há riscos para a população. O fornecimento de energia está regularizado.”



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;