Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Vitória de Bolsonaro


Do Diário do Grande ABC

23/05/2022 | 23:59


A desistência do ex-governador João Doria (PSDB) da pré-candidatura à Presidência da República, anunciada no começo da tarde de ontem, é uma vitória do presidente Jair Bolsonaro (PL). Uma vitória acachapante, embora, por estratégia política, o próprio chefe da Nação não vá se jactar dela.Nem por isso deixa de ser incontestável, a demonstrar a força que tem o homem que, em 2018, angariou mais de 55 milhões de votos. Não restou outra alternativa ao tucano ao se dar conta de que a população, segundo a tendência demonstrada pelas últimas pesquisas de intenção de voto, tem notado – e agradecido – os resultados das políticas social e econômica implantadas pelo Palácio do Planalto.


A terceira via parece ser um sonho cada vez mais distante. Até porque a alternativa que o grupo tem a Doria, a senadora Simone Tebet (MDB-MS), consegue ser ainda pior do que o tucano paulista nas pesquisas. E por que se dá tal fenômeno? Simples. Embora não receba apoio de boa parte dos formadores de opinião, o trabalho sério de Jair Bolsonaro e a sua responsabilidade na condução do País está sendo cada vez mais reconhecida pela população brasileira.


João Doria, por sua vez, deveria usar os próximos dias para fazer reflexão profunda sobre os percalços da política nacional – onde raramente empresário bem-sucedido, como ele, consegue se manter na crista da onda por longo período. Nesta área, diferentemente do que ocorre na iniciativa privada, a lealdade vale muito mais que qualquer resultado administrativo. E ele falhou feio nesta seara, quando, logo depois de eleito prefeito da Capital, em outubro de 2016, voltou-se contra o próprio padrinho, Geraldo Alckmin (PSB), que, de tão magoado com a traição, foi se aninhar exatamente junto ao maior adversário do tucanato, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).


Como balanço da aventura frustrada de Doria, fica a ironia das ironias: o governador que tanto recomendou à população que ficasse em casa durante a pandemia do novo coronavírus, agora não terá – politicamente falando – mais nada para fazer nas ruas. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;