Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 30 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Boca é multado pela Conmebol por gesto racista de torcedor contra corintianos

Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


23/05/2022 | 15:56


A Conmebol multou o Boca Juniors em 30 mil dólares (cerca de R$ 144 mil) como punição pelo gesto racista cometido por um torcedor xeneize na Neo Química Arena, em jogo contra o Corinthians. O episódio ocorreu no dia 26 de abril, quando os dois times se enfrentaram em São Paulo pela terceira rodada do Grupo E da Copa Libertadores da América.

Um vídeo flagrou o momento em que o torcedor argentino Leonardo Ponzo fez gestos imitando um macaco para provocar a torcida corintiana. Ponzo foi preso pela Polícia Militar na mesma noite da partida, por cometer injúria racial, mas acabou solto após pagamento de fiança no valor de R$ 3 mil, na manhã seguinte.

Em decisão publicada nesta segunda-feira e assinada por Eduardo Gross Brown, presidente da Comissão Disciplinar da Conmebol, o caso foi enquadrado nos artigos 9 e 17 do Código Disciplinar da entidade. O artigo 9 versa sobre a responsabilização dos clubes por atos cometidos por torcedores. Já o artigo 17 determina as sanções para casos de discriminação.

A multa tem relação apenas com a injúria racial flagrada na Neo Química Arena. Ou seja, não inclui o novo caso de racismo envolvendo torcedores do Boca Juniors, registrado na segunda partida contra o Corinthians, disputada no dia 17 de maio, em Buenos Aires. O reencontro entre os clubes teve outro registro em vídeo de um argentino imitando macaco.

Além disso, torcedores do time paulista denunciaram que foram tratados com descaso na Bombonera. A polícia teria demorado na escolta e revista dos ônibus, fazendo com que boa parte da torcida que esteve na capital argentina só pudesse entrar no estádio para ver o segundo tempo. O caso de racismo somado ao mau tratamento fizeram o Corinthians e a FPF protocolaram um pedido de punição ao Boca, mas a Conmebol ainda não deu uma resposta oficial.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;