Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Bolsas da Europa fecham em alta, com bancos e dados da Alemanha e de olho em BCE



23/05/2022 | 14:19


As bolsas da Europa fecharam em alta nesta segunda-feira, acompanhando um pregão positivo em Wall Street. Dado melhor que o esperado sobre empresas na Alemanha contribuiu para o otimismo entre investidores, que asseguraram avanços apesar da sinalização da alta de juros pelo Banco Central Europeu (BCE). Ações de bancos estiveram entre os principais ganhos nesta segunda e a negociação entre a alemã Siemens e a espanhola Siemens Gamesa esteve no radar.

O índice pan-europeu Stoxx 600 subiu 1,26%, a 436,54 pontos.

Já o FTSE 100, em Londres, ganhou 1,67%, a 7.513,44 pontos, e o DAX, em Frankfurt, avançou 1,38%, a 14.175,40 pontos.

Analista-chefe para mercados na CMC Markets, Michael Hewson afirma que o principal índice acionário da Bolsa de Londres está consolidando sua posição como mais defensivo, ainda que o DAX também tenha ganhado impulso.

Nesta segunda-feira, a presidente do BCE, Christine Lagarde, sinalizou que uma alta de juros pode acontecer em julho e afirmou que a taxa de depósitos deve sair do terreno negativo até o fim de setembro. Com isso, o euro se fortaleceu ante o dólar e os retornos de bônus ganharam forças no continente. No mercado acionário, ações de bancos foram beneficiadas, com o Deutsche Bank tendo subido 7,01% em Frankfurt e o Société Générale e o BNP Paribas terem avançado 4,25% e 4,16%, respectivamente, em Paris. O índice CAC fechou com alta de 1,17%, a 6.358,74 pontos.

Dirigente do BCE e presidente do Banco da França, François Villeroy de Galhau disse que o acordo para alta de juros pela autoridade monetária europeia está "praticamente fechado" para o curto prazo.

Em comentários em Davos, ele afirmou que o movimento será de "normalização" monetária, e não aperto, dadas as condições bastante acomodatícias na economia local. Também nesta segunda-feira, a Comissão Europeia propôs que regras orçamentárias mais frouxas sejam estendidas, dadas as consequências da guerra na Ucrânia. A medida precisa ser aprovada pelos ministros das Finanças dos Estados-membros do bloco.

Notícias da Alemanha tiveram espaço importante nas negociações europeias nesta sessão. O índice de sentimento das empresas no país, medido pelo instituto alemão Ifo, subiu de 91,9 pontos em abril para 93 pontos em maio, contrariando a expectativa de queda de analistas e animando investidores. Além disso, a empresa alemã Siemens (+1,41%) fez uma oferta de compra pela fabricante de turbinas eólicas espanhola Siemens Gamesa (+6,24%).

Em Madri, o IBEX 35 subiu 1,67%, a 8.625,80 pontos, conforme dados preliminares, enquanto em Lisboa, o PSI 20 teve alta de 2,67%, a 6.079,51 pontos.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;