Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Verstappen revela frustração com asa móvel e exalta disputa com Russell



22/05/2022 | 14:50


Apesar das dificuldades em acionar a asa móvel do carro RB18 da Red Bull, Max Verstappen conquistou a vitória no GP da Espanha neste domingo. O holandês não escondeu a frustração, já que a corrida poderia ter sido ainda mais tranquila sem o defeito no carro, mas também afirmou que guardará boas lembranças desta disputa com George Russell, da Mercedes, que terminou em terceiro.

"Claro que fiquei um pouco frustrado porque naquela altura não consegui disputar com Russell por problemas com o DRS, mas a disputa por si só foi muito legal. Acho que naquela volta que eu passei por fora, George deu a volta por fora novamente e eu abri de novo para a ultrapassagem, foi uma disputa muito bacana. Vou lembrar disso e agora irei sorrir, mas no momento foi um pouco frustrante. Travamos uma batalha muito boa e disputada, eu acho", afirmou o novo líder do campeonato.

Após largar em segundo, Verstappen girou na pista ainda no começo da corrida e caiu para quarto. A partir daí, o piloto da Red Bull precisou recuperar posições para vencer sua terceira corrida consecutiva. A missão ficou um pouco mais complicada já que a asa móvel da RB18 apresentou mau funcionamento, e Max não conseguiu acionar o sistema em diversos momentos.

"O que quero dizer é que eu poderia ter gritado algo de volta no rádio, mas não há nada que eu poderia ter feito, não sou estúpido. No momento que você recebe a luz e o barulho para ativação, você pressiona. Se não funcionou, claramente temos um problema. Eu tentei umas 50 vezes, fiz de tudo e simplesmente não abria. Fiquei no meio-fio, fora do meio-fio, um pouco mais tarde. Estava quebrado ou com defeito, então temos um problema nesta asa", explicou o piloto.

"Foi um pouco de uma corrida com duas metades, porque as primeiras 30 voltas foram frustrantes para mim depois que saí na curva 4. Inicialmente, a derrapada me pegou de surpresa porque eu não senti que eu estava de fato freando ou colocando mais velocidade nas curvas. Isso me pegou de surpresa e não é o ideal, claro", completou Verstappen.

O resultado em Barcelona não poderia ser melhor para a Red Bull. Sergio Perez ajudou Verstappen a conquistar a vitória e, de sobra, cravou a segunda colocação. Apesar disso, o atual campeão lembrou que Charles Leclerc estava abrindo boa vantagem antes de perder potência em seu carro.

"Nós temos que ser realistas, a sensação quando sai da pista era que Charles estava se afastando. Estamos na liderança do campeonato, mas você precisa ser super confiável. Nós temos que trabalhar em nossa performance um pouco mais. Acho que esta corrida foi muito positiva para o time."



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;