Fechar
Publicidade

Domingo, 26 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com virada histórica, Manchester City conquista título inglês por 1 ponto

Reprodução/Instagram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


22/05/2022 | 14:09


O Manchester City conquistou seu oitavo título do Campeonato Inglês neste domingo depois de uma disputa até o último suspiro com o Liverpool. Após estar perdendo por 2 a 0 para o Aston Villa, o time de Pep Guardiola buscou a virada no segundo tempo para confirmar o bicampeonato. O Liverpool conseguiu vencer o Wolverhampton de virada por 3 a 1, mas não foi suficiente para Jurgen Klopp e companhia levantarem o que seria sua 20ª taça.

Manchester City e Liverpool terminam a temporada com campanhas impressionantes. O time de Manchester chegou a 93 pontos, enquanto o Liverpool encerra o campeonato com apenas um ponto a menos. A 38ª rodada ainda definiu a classificação do Tottenham para a Liga dos Campeões, a sobrevivência do Leeds e o rebaixamento do Burnley.

OS DUELOS EM MANCHESTER E LIVERPOOL

Para jogar um balde de água fria no Liverpool, o Wolverhampton abriu o placar logo aos 2 minutos de jogo. A zaga não interceptou batida do goleiro José Sá e Pedro Neto chegou sozinho para completar cruzamento de Raul Jiménez. Luís Diaz teve ótima chance de empatar no começo do jogo, mas desperdiçou a oportunidade.

Um passe brilhante de letra feito por Thiago resultou no empate do Liverpool aos 23 minutos. Sadio Mané saiu na cara do gol e tocou na saída de José Sá para empatar o jogo por 1 a 1. O Liverpool pressionou, mas não conseguiu chegar à virada ainda no primeiro tempo.

Enquanto isso, o Manchester City não desempenhou o que podia no Etihad Stadium. O Aston Villa se arriscava no ataque, enquanto o time da casa só conseguiu boa resposta na metade da etapa com um chute cruzado de Phil Foden.

Com o time da casa apático, sem conseguir criar, o castigo veio aos 36 minutos e o Aston Villa abriu o placar. Digne fez um ótimo cruzamento na área e Matty Cash chegou com tudo para cabecear com força e abrir o placar, 1 a 0. O time de Guardiola tentou pressionar nos minutos seguintes da primeira etapa, mas não conseguiu furar o bloqueio de Steven Gerrard.

A volta do intervalo foi muito agitada nos dos estádios. O Liverpool chegou a virar, mas o golaço de Mané foi anulado por impedimento. Enquanto isso, o City pressionou e quase marcou com Gabriel Jesus, mas levou um baita susto em contra-ataque de Watkins, que por pouco não ampliou.

Além de Gerrard, Philippe Coutinho também tratou de ajudar o ex-time. Aos 24 minutos, o brasileiro recebeu no ataque e, com muita classe, fez 2 a 0 para o Aston Villa. O gol de resposta do City finalmente saiu aos 30 minutos, em cabeceio de Gundogan, 2 a 1. O empate por 2 a 2 saiu três minutos mais tarde, com uma finalização primorosa de Rodri.

Nos minutos finais, os dois rivais buscaram a vitória. Mais do que decisivo, Ilkay Gundogan buscou a virada histórica aos 36 minutos. O meia alemão recebeu bola cruzada de De Bruyne e fez 3 a 2, definindo a virada do City. O Liverpool também fez sua parte, mas não adiantou muito. Após confusão na área, Salah empurrou para o fundo das redes e fez 2 a 1. Robertson chegou a fazer 3 a 1 aos 44 minutos.

TOTTENHAM FAZ DEVER DE CASA E VAI À LIGA DOS CAMPEÕES

A briga pela quarta colocação e última vaga na Liga dos Campeões não teve novidades. O Tottenham fez o dever de casa contra o Norwich fora de casa e, apesar da vitória do Arsenal sobre o Everton, os Spurs ficaram com a vaga, com 71 pontos. O Arsenal também venceu, mas fica em quinto, na Liga Europa, com 69 pontos.

Tanto Tottenham quanto Arsenal golearam e a briga pelo G4 não teve mudanças na última rodada. O Tottenham venceu o Norwich por 5 a 0, enquanto o Arsenal fez 5 a 1 para cima do Everton. O outro time na Liga dos Campeões será o terceiro colocado Chelsea (74 pontos), que venceu por 2 a 1 o Watford com gol de Havertz e assistência do brasileiro Kennedy.

MANCHESTER UNITED NA LIGA EUROPA

O cenário, que já era ruim para o Manchester United, quase ficou ainda pior. O time de Ralf Rangnick perdeu para o Crystal Palace com gol do seu ex-jogador Wilfried Zaha. Por sorte, o West Ham perdeu por 3 a 1 para o Brighton & Hove Albion e o United se manteve em sexto (58 pontos), na zona da Liga Europa. O time de Londres (56) irá para a Liga Conferência.

LEEDS SE SALVA DO REBAIXAMENTO

O Leeds United fez jogo nervoso fora de casa contra o Brentford e conseguiu uma vitória por 2 a 1 com gol de pênalti de Raphinha. O resultado salva o time de Manchester do rebaixamento e empurra o Burnley, que perdeu por 2 a 1 para o Newcastle, para a zona de queda. O Leeds fica em 17º, com 38 pontos, e o Burnley, com 35, é o 18º.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;