Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Chefe da Aston Martin afirma que Red Bull 'errou o alvo' ao acusar espionagem



21/05/2022 | 15:07


O chefe técnico da Aston Martin, Andrew Green, rebateu as acusações feitas pela Red Bull de que sua escuderia teria copiado o design do novo carro do time rival. Diversas escuderias promoveram maiores ajustes em seus carros para o GP da Catalunha neste fim de semana e a acusação de ´espionagem` vem esquentando o clima entre os times britânicos no circo da Fórmula 1.

A tensão foi criada depois que Christian Horner, proprietário da Red Bull, disse estar conduzindo uma investigação interna dando a entender que a Aston Martin teria copiado o design do carro RB18 da Red Bull ao fazer implementações no modelo do carro Mercedes AMR22. Ao ficar ciente das acusações, o diretor técnico Andrew Green descartou qualquer possibilidade de que sua equipe tenha agido de forma indevida.

Antes do Grande Prêmio da Espanha, algumas equipes, entre elas a Mercedes, Ferrari e Aston Martin atualizaram seus modelos. Diante da semelhança dos dois carros, Horner declarou que "a imitação é a maior forma de bajulação." Diante do imbróglio, a FIA entrou no caso para investigar o assunto e o veredicto foi de que a Aston Martin cumpriu as regras.

Horner garantiu não ter ocorrido transferência ilegal de propriedade intelectual para a Aston Martin, que no início deste ano contratou o ex-chefe aeronáutico da Red Bull Dan Fallows.

À imprensa, o dirigente da Red Bull reforçou a necessidade da investigação interna. "Temos nossas próprias proteções de software, onde ele é controlado e sabemos exatamente qual software é analisado. Mas acho que isso é trabalho do regulador (a FIA), pois eles têm esse acesso e confiamos em sua atuação. É importante policiar isso."

A reclamação da Red Bull parece não tirar a tranquilidade de Andrew Green. "A FIA entrou e fez uma investigação completa. Examinaram todos os dados anteriores e a história deste carro. Entrevistaram todas as pessoas envolvidas e concluíram que o desenvolvimento foi feito de maneira independente", disse o diretor técnico da Aston Martin, que afirmou ainda estar desapontado com o caso.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;