Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 30 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

FGV: IGP-M desacelera a 0,39% na 2ª prévia de maio (1,85% na 2ª prévia de abril)



19/05/2022 | 09:16


O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) arrefeceu a 0,39% na segunda prévia de maio, de 1,85% na mesma leitura de abril, informou nesta quinta-feira a Fundação Getulio Vargas (FGV). Todos os componentes do índice desaceleraram no período.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-M) arrefeceu de 1,95% para 0,38%, puxando o alívio do indicador geral. No mesmo período, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC-M) desacelerou de 1,67% para 0,28%, enquanto o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-M) passou de 1,36% para 0,70%.

A queda do IPC-M foi puxada principalmente pelo grupo Habitação (1,60% para -2,71%), devido à queda dos preços da tarifa de eletricidade residencial (1,79% para -13,38%).

Também tiveram alívio no período: Transportes (3,72% para 1,12%), devido à gasolina (8,32% para 0,83%); Alimentação (1,62% para 0,99%), com hortaliças e legumes (11,20% para 0,37%); Comunicação (-0,01% para -0,18%), puxado por combo de telefonia, internet e TV por assinatura (-0,05% para -0,38%); Despesas Diversas (0,59% para 0,47%), com alimentos para animais domésticos (1,41% para -0,66%); e Vestuário (1,11% para 1,06%), com alívio dos acessórios do vestuário (1,11% para 0,07%).

Em contrapartida, a FGV apurou aceleração dos grupos Educação, Leitura e Recreação (0,94% para 2,57%), devido ao aumento da passagem aérea (4,81% para 14,69%), e de Saúde e Cuidados Pessoais (0,40% para 1,13%), puxada pela alta de medicamentos em geral (0,93% para 3,69%).

Influências

As principais pressões para baixo sobre o IPC na segunda prévia de maio partiram do condomínio residencial (1,68% para -3,18%), tomate (21,23% para -6,76%), cenoura (14,17% para -14,62%) e plano e seguro de saúde (estável em -0,50%), além da tarifa de eletricidade residencial.

Na outra ponta, ajudaram a conter a desinflação do índice o etanol (6,38% para 10,62%), batata inglesa (9,70% para 13,75%) e perfume (-0,01% para 3,33%), além da passagem aérea e da gasolina.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;