Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Petrobras faz avaliação ambiental de eólica offshore na Bacia de Campos



18/05/2022 | 20:31


A Petrobras comunicou que avalia, junto da empresa de energia norueguesa Equinor, a viabilidade ambiental de um parque eólico offshore em Aracatu, na Bacia de Campos, a 20 quilômetros da costa. O projeto em avaliação consiste em parque eólico offshore com capacidade de geração de 4 gigawatts (GW).

O comunicado formaliza as informações dadas pelo presidente da estatal, José Mauro Ferreira Coelho, nesta quarta-feira, pela manhã, em painel do congresso 'Mercado Global de Carbono - Descarbonização & Investimentos Verdes', que acontece até sexta-feira no Jardim Botânico do Rio de Janeiro, zona Sul da cidade.

Na ocasião, Coelho disse que o Brasil tem "grande potencial para eólica offshore" e que esse modelo de geração guarda "sinergia com a experiência, a liderança e a competência" da Petrobras no ambiente marítimo, principalmente em águas profundas e ultraprofundas. Eólicas offshore, disse ele, são uma das alternativas verdes da companhia, ao lado do desenvolvimento e produção de biocombustíveis avançados.

Segundo a Petrobras, a avaliação conjunta é fruto de parceria firmada com a Equinor ainda em 2018 e está alinhada ao Plano Estratégico da companhia para os anos 2022-2026. A ficha de caracterização ambiental do Projeto Aracatu, documento necessário no processo de licenciamento ambiental, foi protocolada em agosto de 2020, informou a companhia.

O estudo conta com o suporte do programa de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) do Centro de Pesquisas e Inovação da companhia (Cenpes), com foco em reduzir riscos e acelerar ganhos de maturidade tecnológica.

Em nota, o diretor de Relacionamento Institucional e Sustentabilidade da Petrobras, Rafael Chaves, disse que o potencial brasileiro para geração de energia eólica offshore traz "oportunidades promissoras de diversificação da matriz energética do País".

Assim como a geração eólica em terra, a tecnologia associada à geração eólica offshore usa a força dos ventos para a produção de energia renovável, mas opera com equipamentos de grandes dimensões e entrega grandes volumes de energia.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;