Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 1 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Economia ucraniana deverá ter contração entre 30% e 50% em 2022, diz ONU



18/05/2022 | 17:27


A Organização das Nações Unidas (ONU) afirmou nesta quarta-feira que, em meio à destruição maciça de infraestrutura, fuga populacional e interrupção das atividades, a economia ucraniana deverá ter uma contração entre 30% e 50% em 2022. Já a Rússia deve contrair em cerca de 10% neste ano, atingida por sanções comerciais e financeiras.

Em relatório sobre as perspectivas para a economia global, a ONU destaca que a guerra na Ucrânia derrubou a frágil recuperação da pandemia, desencadeando uma crise humanitária devastadora na Europa, elevando os preços dos alimentos e commodities e exacerbando as pressões inflacionárias em todo o mundo.

"Incertezas geopolíticas e econômicas estão enfraquecendo a confiança empresarial e o investimento", diz o texto.

Nesse contexto, a organização reduziu sua previsão de crescimento econômico global em 2022 de 4% para 3,1%. "As perspectivas de crescimento global enfraqueceram significativamente em meio à guerra na Ucrânia, aumento de preços de energia, alimentos e commodities, inflação em alta e aperto da política monetária pelos principais bancos centrais", destaca.

A economia dos Estados Unidos, por sua vez, deverá desacelerar para alta de 2,6% em 2022, devido às altas pressões inflacionárias, aperto monetário agressivo pelo Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) e um dólar forte.

Já na China, o Produto Interno Bruto (PIB) deverá crescer 4,5%, uma queda de 0,7 ponto porcentual na projeção, com políticas rigorosas contra a covid-19 afetando negativamente as perspectivas.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;