Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Sustentabilidade hoje não é mais custo, é produtividade, diz presidente do BC



18/05/2022 | 13:44


O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse nesta quarta-feira que a crise atual gerou um aprendizado diferente da crise de 2008, quando houve uma crise financeira internacional. Um dos aprendizados, de acordo com ele, é a importância que passou a se dar às questões verdes. "Sustentabilidade hoje não é mais vista como custo. É igual à produtividade", disse, durante a abertura do Congresso Mercado Global de Carbono - Descarbonização e Investimentos Verdes, no Rio de Janeiro.

Campos Neto também avaliou as mudanças geopolíticas que ocorrem neste momento no planeta e destacou que esta é uma oportunidade para o Brasil, já que o mundo busca a reorganização das cadeias produtivas de forma a buscarem fornecedores em locais mais próximos de suas matrizes.

Sobre o mercado de carbono, Campos Neto disse que tem escutado muito falar na importância de se criar um imposto de carbono, mas disse que essa tributação não é adequada para todos os casos. "O mercado de crédito de carbono é forma engenhosa de internalizar externalidades", considerou em seu apontamento, que usa para balizar o discurso no evento.

Isso porque, segundo ele, possibilita que cada país internalize os benefícios da redução de suas próprias emissões, contribuindo para maior cooperação. "Nesse contexto, o desenvolvimento do mercado de carbono impõe grandes desafios, mas também gera enormes oportunidades", considerou. "Isso é particularmente verdadeiro no caso do Brasil, um País com enorme potencial ambiental", completou.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;