Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Teto de gastos 'virou a Geni' e 'apanha' de todos os lados, diz diretor do BC



18/05/2022 | 12:54


O diretor de Política Monetária do Banco Central (BC), Bruno Serra, disse nesta quarta-feira, 18, que a regra do teto de gastos tem sido atacada no País, mas ainda cumpre o efeito de controlar o crescimento das despesas do governo. "O teto de gastos virou a Geni, está apanhando de todos os lados", disse Serra, em evento da Câmara Espanhola e do escritório Pinheiro Neto Advogados, em São Paulo. "Mas o teto está segurando os gastos. Com toda a dificuldade, mas tem segurado."

Serra elogiou a política fiscal conduzida pelo governo e disse que, no curto prazo, o aumento da demanda agregada por causa de aumentos dos gastos "já não é um problema".

Ele destacou que, em 2021, o Brasil foi um de cinco países do mundo com superávit primário e um dos três que reduziram a dívida bruta.

"À frente, o que importa são as escolhas que vão ser feitas em 2023", disse Serra, para quem será necessária uma meta fiscal que permita a convergência da dívida brasileira ao nível dos pares. "Ajudaria a política monetária se fosse conduzido como neste ano pós-pandemia."



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;