Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 30 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Embarque do Guarani tem protesto e tiro para o alto disparado por segurança



18/05/2022 | 11:31


O embarque da delegação do Guarani para Manaus, local da partida contra o Vasco da Gama, nesta quinta-feira, pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, foi marcado por muita tensão. Em meio a protestos de torcedores, houve até um tiro para alto disparado por um segurança.

Membros de uma torcida organizada estiveram na noite da última terça-feira no Brinco de Ouro da Princesa para conversar com dirigentes enquanto a delegação se preparava para deixar o estádio com destino ao Aeroporto de Viracopos.

O protesto era pacífico, mas um segurança do clube se sentiu acuado e, na tentativa de dispersar os torcedores, disparou um tiro para o alto, como mostra um vídeo compartilhado nas redes sociais. Na manhã desta quarta, o Guarani emitiu uma nota sobre o caso e afirmou que ninguém ficou ferido.

"O Guarani Futebol Clube vem à público informar que vai apurar os fatos ocorridos na noite de terça-feira (17) durante a saída da delegação no Estádio Brinco de Ouro para o Aeroporto de Viracopos, onde embarcou rumo a Manaus. Um grupo de torcedores invadiu o estádio e chegou à área de acesso dos atletas ao ônibus para realizar um protesto", diz o início da nota.

"Durante o episódio, foi registrado o incidente envolvendo um dos seguranças do clube. O Guarani tem ciência da gravidade do fato, lamenta o acontecido e tomará as medidas cabíveis. Após o ocorrido, o policiamento foi acionado e não foi registrado mais nenhum problema. Também não houve feridos", finaliza.

FASE RUIM NA SÉRIE B

Na zona de rebaixamento da Série B do Brasileiro, o Guarani vem de três empates seguidos e é o 17º colocado, com sete pontos. O clube ainda não definiu o substituto do técnico Daniel Paulista, demitido há duas semanas.

Para aumentar a revolta dos torcedores, o Guarani mandou o jogo contra o Vasco da Gama para a Arena da Amazônia, em Manaus, porque o gramado do Brinco de Ouro da Princesa está passando por reforma.

Assim como aconteceu nos empates com Ponte Preta e Tombense, o Guarani será comandado interinamente pelo auxiliar fixo Ben-Hur Moreira. A novidade na lista dos relacionados é o zagueiro Leandro Castán, afastado há mais de um mês por conta de um problema muscular.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;