Fechar
Publicidade

Sábado, 13 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Região tem, por ora, 57 nomes
colocados à disputa eleitoral

André Henriques/DGABC 24/10/18 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Levantamento feito pelo Diário mostra que Grande ABC lista 35 pré-candidatos à Assembleia e 22 à Câmara dos Deputados


Heitor Agrício
Da Redação

16/05/2022 | 00:01


Com 81 dias para terminar o prazo para que os partidos definam e formalizem os nomes dos candidatos que vão disputar as eleições de outubro, quando o País escolherá presidente, governadores, senadores e deputados federais e estaduais, o Grande ABC conta com, ao menos, 57 nomes dispostos a concorrer as vagas na Assembleia Legislativa do Estado e Câmara Federal, além do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que deverá estar novamente na corrida pelo Palácio do Planalto – veja os nomes na arte abaixo.

Os dados foram levantados pelo Diário junto aos diretórios municipais das legendas – vários não responderam. As sete cidades reúnem, neste momento, 35 postulantes ao cargo de deputado estadual, sendo cinco em busca de reeleição, e 22 que concorrem a vagas na Câmara Federal, dois dos quais pretendem alcançar novo mandato, casos de Alex Manente (Cidadania) e Vicente Paulo da Silva, o Vicentinho (PT). Entre os sete municípios da região, São Bernardo aparece com o maior número de postulantes, com 15 pré-candidatos. 

Partido que perdeu a Prefeitura para Orlando Morando (PSDB) em 2016, após dois mandatos consecutivos de Luiz Marinho, o PT tem ampla maioria de postulantes aos Legislativos estadual e federal em São Bernardo, com seis nomes pré-confirmados. Já o PSDB, legenda do chefe do Executivo, deve ter apenas a candidatura da primeira-dama e deputada estadual Carla Morando, que busca a reeleição.

O presidente do PT na cidade, Cleiton Coutinho, expressa confiança na reeleição de seus deputados e confia na ampliação no número de representantes da sigla nos Parlamentos estadual e federal. “Estamos com boas expectativas, temos dois parlamentares eleitos no Estado buscando a reeleição e acredito que iremos conseguir, pois ambos fizeram um bom governo. Assim como acreditamos reeleger o Vicentinho e ampliar com o (Luiz) Marinho a representação na Câmara dos Deputados.”

Coutinho acredita que a disputa pelo Palácio dos Bandeirantes vai mexer com a eleição. “O quadro da disputa para governador do Estado vai evoluir muito na cidade e na região”, apostou o petista. 

Se em São Bernardo o partido demonstra otimismo, na segunda maior cidade da região, Santo André, que já foi um dos expoentes sob comando da sigla – cujo nome de maior prestígio foi o do prefeito Celso Daniel, morto em 2002 –, o PT vive processo de encolhimento desde 2018, quando não conseguiu eleger nenhum deputado pela primeira vez na sua história. E, também inédito, a legenda não terá nomes na disputa para deputado estadual ou federal. 

Sem quadros de envergadura para disputar o pleito, o presidente do PT em Santo André, Antônio Padre, disse que o PT adotou como estratégia focar no apoio a outras candidaturas da região, principalmente em São Bernardo e Mauá. Padre avaliou que a ideia é atuar para impulsionar nomes que não sejam da cidade, mas que têm domicílio eleitoral na região.

FORA DO PLEITO

Além dos nomes de pré-candidatos já colocados, a pesquisa realizada pelo Diário mostra que, até o momento, 11 diretórios municipais já confirmaram que não têm pretensões de lançar representantes nas urnas. Entre eles está o PSB de Ribeirão Pires, que alega falta de tempo para entrar na empreitada. “Não conseguimos montar quadro, pois reformulamos o diretório há apenas três meses e não teríamos tempo para estruturar a campanha".

Contudo, representantes afirmam que o diretório prestará apoio à reeleição do deputado estadual e presidente do partido no Estado, Caio França. “O Caio já tem mandato e ajudou muito Amigão (D’orto, vice-prefeito do município) na sua caminhada”, informou a assessoria do presidente, Akenaton de Brito.

É válido lembrar que o período para o fechamento de candidatos segue aberto até 5 de agosto e até lá os diretórios dos partidos podem fazer alterações na escolha dos candidatos.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;