Fechar
Publicidade

Sábado, 21 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Santos despacha Coritiba com gols na segunda etapa

Twitter Santos FC/Ivan Storti Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Peixe deslancha na metade final do jogo, reverte vantagem dos paranaenses e vai às oitavas de final da Copa do Brasil


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

13/05/2022 | 09:29


Com propriedade, futebol envolvente e no embalo da torcida, o Santos se garantiu ns oitavas de final da Copa do Brasil. O Peixe chegou à Vila Belmiro para enfrentar o Coritiba em desvantagem, após derrota por 1 a 0 na capital paranaense. Entretanto, com um segundo tempo incisivo, o Alvinegro fez 3 a 0, gols de Marcos Leonardo, Madson e Rodrigo Fernández, garantindo seu avanço na competição – e embolsando R$ 3 milhões pela classificação.

Ainda não estão definidos os confrontos da próxima fase, que serão determinados em sorteio, a ser agendado e realizado pela CBF. Até lá, os santistas voltam as atenções ao Campeonato Brasileiro, pelo qual, no domingo, visitam o Goiás.

Atrás no placar agregado, o Santos parecia ter entrado mais ligado no jogo. Empurrado pelos quase 14 mil torcedores presentes à Vila, pressionou o Coritiba desde o princípio, na tentativa de igualar as condições e, a partir daí, buscar a reviravolta. Na etapa inicial, entretanto, o Coxa conseguiu acertar a marcação em cima dos santistas. E quando não foi possível na tática, os paranaenses não hesitaram em apelar às duras faltas. Em uma delas, à frente da área, Zanocelo chutou por sobre o gol.

Na segunda etapa, o Peixe voltou ainda mais agressivo. E foi recompensado. Aos dois minutos, após falta cobrada para a área e tentativa de Velásquez, Muralha defendeu, mas a bola sobrou para Marcos Leonardo empurrar às redes.

Aos 15, após boa trama ofensiva, Lucas Pires recebeu em profundidade e cruzou na medida para Madson ampliar. A torcida ainda comemorava quando, aos 17, Fernández acertou belo chute da entrada da área e decretou: 3 a 0. 

“Acho que foi uma partida quase perfeita. Equipe teve uma intensidade absurda. A gente tinha consciência que quando o primeiro gol saísse, a equipe ia crescer. E foi o que aconteceu. Foi a melhor atuação da equipe no ano. Muito feliz pelo gol e pela vaga. Vivemos bom momento, agora é curtir e aproveitar a classificação, que é muito importante para o restante da temporada”, afirmou Madson. “A torcida fez uma festa linda e o mínimo que a gente podia fazer era jogar com vontade e sair classificado”, disse Marcos Leonardo. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;