Fechar
Publicidade

Sábado, 13 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

CVC registra R$ 166,8 milhões de prejuízo no primeiro trimestre

Dênis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Valor representa 104,7% nas perdas da companhia de turismo de Santo André em comparação com o mesmo período do ano anterior


Beatriz Mirelle
Especial para o Diário

12/05/2022 | 09:41


A CVC Corp, companhia de viagens com sede em Santo André, acumulou prejuízo líquido de R$ 166,8 milhões no primeiro trimestre de 2022. O que corresponde a alta de 104,7% de perdas na comparação ao mesmo período do último ano, que registrou R$ 81,5 milhões.

Apesar dos danos, a receita líquida da empresa somou R$ 292 milhões nos primeiros três meses de 2022, apresentando acréscimo de 76,5% sobre janeiro e março de 2021. Na comparação com o quarto semestre de 2021, a receita recuou 6,8%, influenciada pelo menor volume de embarques, devido à sazonalidade usual do período de alta temporada.

A administração acredita que o declínio de infectados e redução no número de óbitos em razão da Covid-19, somado com a abertura de fronteiras de países com maior potencial turístico, continuará impulsionando a utilização de saldo de créditos para remarcação de viagens. Em nota, a empresa afirma que esse saldo totalizou R$ 651,2 milhões, indicando retração de 14,4% frente ao fechamento do trimestre imediatamente anterior.

RETOMADA DO TURISMO
O setor de turismo obteve crescimento de 29% no primeiro bismestre de 2022 ante o mesmo período de 2021, de acordo com dados divulgados na PMS (Pesquisa Mensal de Serviços) do IBGE.

Mesmo com o resultado negativo de quase R$ 167 milhões, a CVC se mantém otimista para os próximos trimestres. Segundo a companhia, a justificativa para o prejuízo expressivo neste primeiro levantamento de 2022 diz respeito à baixa dos créditos tributários que foram realizados entre janeiro e março.

Desde o início deste ano, com o dissipar dos efeitos da variante ômicron do coronavírus, a companhia notificou aceleração sequencial das vendas, representando 77% dos negócios do período de 2019. As reservas confirmadas para destinos domésticos no Brasil representaram saldo positivo de 63% em relação ao primeiro trimestre de 2019.

“Com esse reaquecimento da economia e apresentação do nosso novo posicionamento voltado à tecnologia e digitalização, estamos focados em alcançar valores mais positivos ao negócio e crescer exponencialmente dentro do mercado”, explica o diretor executivo da CVC Corp, Leonel Andrade. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;