Fechar
Publicidade

Sábado, 13 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Pizzaria da família do novo delegado-geral de SP é alvo de furto em São Caetano

Reprodução/Redes Sociais Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Policiais investigam crime que aconteceu no bairro Barcelona



09/05/2022 | 14:18


Policiais investigam um furto a uma pizzaria, localizada no bairro Barcelona, em São Caetano, que é de propriedade da família do novo delegado-geral da Polícia Civil de São Paulo, Osvaldo Nico Gonçalves. O crime aconteceu na madrugada de sexta-feira (6).

De acordo com o delegado-geral, os criminosos invadiram o estabelecimento e levaram uma garrafa de uísque, outra de vodca, além de R$ 130 que estavam no cofre ao lado do caixa. Nico Gonçalves atribuiu o crime a um "ladrão pé-de-chinelo" e nega relação entre a ação dos criminosos e a posição que passou a ocupar desde o final do mês passado. Antes, Nico era responsável pelo Dope (Departamento de Operações Policiais Estratégicas).

"Como eu sou delegado, tudo estoura na minhas costas, mas não tem nada a ver. Não existe nenhuma relação entre o fato de ter sido delegado e ser delegado-geral agora. Não é por que sou delegado-geral que roubaram a pizzaria", afirmou ao Estadão.

Nico afirma que não tem participação na administração do restaurante do Grande ABC, que é gerenciado pela sua filha e seu genro. O delegado-geral esclarece que a família atua no ramo da gastronomia há três décadas. O ponto de partida do negócio foi um restaurante no Ipiranga, inaugurado em 1992. Hoje, o negócio se tornou uma franquia que possui 13 unidades. "A pizzaria é da minha família. É uma franquia nossa, mas que não tem nada a ver comigo diretamente. Não tenho administração direta lá", afirmou o delegado-geral.

Em função das características do crime, os policiais suspeitam da ação de dependentes de substâncias químicos ou de pessoas em situação de rua. As investigações continuam, mas o criminoso ainda não foi identificado.

Levantamento do Estadão publicado neste domingo, 8, mostra que as áreas centrais e os bairros nobres da capital paulista têm sido os mais afetados com a alta de crimes de oportunidade no início deste ano. Os índices de roubo afetam principalmente regiões como Campos Elíseos, Consolação, Itaim Bibi e Pinheiros. O registro do crime nessas regiões mais do que dobrou na comparação com o 1º trimestre do ano passado.

Após mudar o comando das polícias Civil e Militar, o governador Rodrigo Garcia (PSDB), que busca a reeleição, anunciou na última semana a Operação Sufoco. O objetivo é dobrar o aparato policial na cidade, foco inicial da ação, coibindo roubos e furtos.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;