Fechar
Publicidade

Domingo, 7 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

São Caetano antecipa 13º salário de 7.111 servidores

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Prefeitura deposita primeira parcela, que poderia ser paga até 31 de novembro; medida injeta R$ 11, 7 milhões na economia


Wilson Moço
Do Diário do Grande ABC

03/05/2022 | 08:22


A Prefeitura de São Caetano depositou ontem a primeira parcela do 13º salário para 7.111 servidores da administração direta e indireta, caso do Saesa ((Sistema de Água e Esgoto e Saneamento Ambiental de São Caetano). A iniciativa da administração municipal em antecipar o pagamento em sete meses – por lei, pode ser feito até 30 de novembro – significa R$ 11,7 milhões a mais na folha de pagamento do mês. No entanto, não há previsão para quitação da segunda parcela, que pode ocorrer até o dia 20 de dezembro do ano corrente.

Segundo o Paço, a antecipação da segunda parte do 13º só “será viabilizada caso não coloque em risco o equilíbrio das contas”. No caso da primeira parcela, a administração aponta que só foi possível devido ao esforço realizado para colocar as finanças em ordem, apesar do rombo encontrado quando o prefeito José Auricchio Júnior (PSDB) voltou a assumir o comando da Prefeitura, em janeiro de 2017, após o fim do governo de Paulo Pinheiro (então no PMDB). Na época, a gestão do tucano informou ter herdado R$ 147,16 milhões de dívidas.

“Em 2017, a nova gestão recebeu as contas municipais esfaceladas. A partir disso, promovemos um ajuste fiscal que está vigente até hoje, nos levando à busca constante pelo equilíbrio das contas, pela disciplina e respeito ao orçamento. Assim, mesmo sofrendo impactos arrecadatórios por conta da pandemia, conseguimos planejar e concretizar investimentos. A antecipação do pagamento da primeira parcela do 13º é um resultado desse esforço técnico do governo”, informa nota enviada pela administração.

Apesar de a pandemia dar sinais de que está praticamente sob controle, com queda no número de casos, de mortes e de internações, e da retomada da economia com o fim das restrições, a crise causada pelo novo coronavírus ainda afeta a vida financeira de milhões de brasileiros. Quadro que não é diferente em São Caetano.

“A antecipação dá suporte econômico e financeiro aos servidores, em um momento de aumento na procura por diversas linhas de crédito junto aos bancos”, explica a administração. “Além disso, beneficia a economia local, já que a maior parte dos R$ 11,7 milhões deverá ser gasta com consumo e prestação de serviços na cidade”, finaliza a nota da Prefeitura.

REAQUECIMENTO
Em evento realizado ontem à noite, o prefeito José Auricchio Júnior (PSDB) ressaltou a importância da antecipação, somada a outras medidas implementadas pela Prefeitura, como o auxílio uniforme escolar, para ajudar no reaquecimento da economia na cidade. 

“A gente sabe que o recurso não fica 100% concentrado na cidade, mas a maior parte sim. Isso tem impacto importante sobretudo na microeconomia, não só na geração de tributos, mas de aquecer num momento de tanta dificuldade, quando já tem aí uma recessão instalada, inflação crescente e desemprego ainda em número muito alto. Então, esse recurso faz toda a diferença, principalmente para o pequeno comércio e uma pequena prestadora de serviço”, disso o chefe do Executivo. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;