Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 11 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Rio Grande celebra 58 anos com programação enxuta

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Novo arranjo para o hino da Cidade e missa são as principais atrações do município, que foi emancipado de Santo André


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

03/05/2022 | 00:01


Menor município do Grande ABC, com 52.009 habitantes, de acordo com os últimos dados do IBGE ( Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Rio Grande da Serra celebra hoje 58 anos desde que foi definitivamente emancipada de Santo André. O processo, que começou em 1953, quando o território se transformou no distrito andreense de Icatuaçu, foi concluído em 1964, dando origem à mais jovem cidade da região. Apesar da data importante, em razão da contenção de despesas, o prefeito Claudinho da Geladeira (PSDB) optou por festividades mais enxutas e que vão exaltar símbolos do município.

Entre as agendas previstas para hoje estão o hasteamento da bandeira, na Rua do Progresso, 700, no Jardim Progresso, quando será apresentado novo arranjo para o hino da cidade, que só foi criado 16 anos depois da emancipação. Às 10h, será realizada missa solene na Paróquia São Sebastião, na Praça da Bíblia.

Os dois principais presentes da cidade para os munícipes ainda estão em execução. O primeiro é a nova estação rodoviária, que começou a ser construída em 2020. O equipamento, que vai funcionar na Rua Prefeito Cido Franco, 230, na região central, deve ficar pronto até o fim deste ano, já que recebeu investimento de R$ 2,7 milhões do governo do Estado. O segundo é a transferência da estação ferroviária da cidade, última parada da Linha 10-Turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), que será deslocada 300 metros e será integrada ao novo terminal rodoviário.

Ao Diário, Claudinho da Geladeira disse que aos poucos está organizando o município e espera que os moradores sintam cada vez mais orgulho de morar na cidade. “Estamos organizando a nossa cidade. Em breve, teremos o estacionamento rotativo, estamos em vias de inaugurar o novo pátio (de veículos) e teremos semáforos, estamos reforçando a GCM (Guarda Civil Municipal), em breve, o efetivo será aumentado”, comentou o chefe do Executivo, que procura criar atrações turísticas para atrair municípes das outras cidades do Grande ABC. “Estamos conversando com os feirantes para desenvolver uma grande feira de domingo, na Rua Prefeito Cido Franco. O intuito é ter a maior feira livre do Grande ABC, tendo como grande exemplo a Feira de Caruaru, em Pernambuco, funcionando o dia inteiro. Impulsionando os micro e pequenos empreendedores da cidade”, acrescentou.

Além das obras, Claudinho da Geladeira vê como principal legado da sua gestão o caixa mais organizado, que permite vislumbrar novos investimentos em infraestrutura. “Ao assumir a gestão da Prefeitura, em 2021, nos deparamos com uma dívida de R$ 57 milhões, praticamente a metade da arrecadação do município. Nesse período, pagamos R$ 13 milhões em dívida, incluindo precatórios, acordos e fornecedores”, finalizou o prefeito. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;