Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 16 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Forças de segurança se reúnem para discutir alta na criminalidade

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Diário mostrou ontem que ocorrências de roubos e furtos de veículos seguem em alta nas cidades do Grande ABC


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

27/04/2022 | 21:48


Um dia depois de o Diário mostrar que voltou a subir o número de furtos e roubos de veículos no Grande ABC em março, responsáveis pelas forças de segurança da região se reuniram na sede do CPA/M-6 (Comando do Policiamento de Área Metropolitana 6), na Vila Guiomar, em Santo André, para discutir estratégias para conter a criminalidade. De acordo com dados da SSP (Secretaria da Segurança Pública) do Estado, no primeiro trimestre de 2022 foram 4.041 ocorrências do tipo, o que equivale a um roubo ou furto a cada 30 minutos. O número de registros de março deste ano foi 15,7% maior do que os de fevereiro.

Estiveram presentes na reunião os delegados seccionais Francisco José Alves Cardoso, de Santo André (que responde por Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra), e Elísio Alexandre Sayão, de Diadema. Miguel Ferreira da Silva representou o delegado seccional Ronaldo Tossunian, de São Bernardo (que também cobre São Caetano). Participaram também o comandante geral da PM (Polícia Militar) na região, o coronel Gilson Hélio, além dos sete secretários de segurança municipais e quatro comandantes territoriais de batalhão.

“Nos reunimos uma vez por mês para fazermos análise dos números e desenvolver estratégia de trabalho. Essa integração entre as forças de seguranças, incluindo a GCM (Guarda Civil Municipal), é importante porque unidos somos mais fortes e acho válida a troca de informações entre as corporações”, comentou Sayão. 

Apesar de os números serem alarmantes, o coronel Hélio explicou que os dados são equivalentes ao período pré-pandemia. “Na comparação com 2019 tivemos alta de apenas 1%, mas registramos queda quando levamos em consideração números desde 2016. Só para se ter uma ideia, no primeiro trimestre de 2022 tivemos 97 jogos de futebol no Grande ABC e isso movimenta muitos veículos, tanto de pessoas da região como de fora. Não tivemos nada disso nos dois últimos anos de pandemia. Então é uma diferença muito grande”, comentou o coronel. “Estamos desenvolvendo estratégias e usando inteligência e câmeras de segurança para direcionar as nossas operações”, acrescentou Hélio. 

Além do foco em motociclistas, o comandante da PM reafirma que as forças de segurança trabalham em conjunto para desmontar desmanches ilegais, que são os receptores dos veículos furtados ou roubados. “Essas operações para acabar com os receptores são feitas em parceria entre as polícias Militar e Civil e pretendemos intensificar essas ações nas próximas semanas”, ressaltou o coronel. 

Durante a reunião, as forças de segurança apresentaram um balanço das operações realizadas neste ano, que prenderam 1.135 pessoas, sendo 215 que eram procuradas pela Justiça, além de recuperar 1.270 veículos. Segundo o coronel Hélio, até ontem haviam sido realizadas 65.938 fiscalizações de motociclistas e 2.997 motos foram apreendidas.

Colaborou Heitor Agrício



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;