Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 9 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Santo André amplia vida útil do aterro municipal até 2024

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Obra de expansão custou cerca de R$ 5 milhões e nova área possui capacidade de recebimento de até 500 mil toneladas de resíduos sólidos


Thainá Lana
Do Diário do Grande ABC

27/04/2022 | 14:25


A Prefeitura de Santo André finalizou ontem a ampliação do aterro municipal, que agora está preparado para receber as 630 toneladas de resíduos sólidos coletados diariamente na cidade. A obra de expansão custou aos cofres públicos cerca de R$ 5 milhões e contempla área de 17.970 metros quadrados, com capacidade de armazenamento de até 500 mil toneladas. Com a medida a vida útil do equipamento foi postergada até 2024.
A expansão foi finalizada com a autorização da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) para a utilização da nova área, em processo que começou em 2018. Há ainda outra etapa de ampliação, cujos estudos e processos serão iniciados ainda este ano. Esta outra área garantirá ao aterro mais três anos de operação, totalizando cinco anos de vida útil nestes dois momentos. 

O prefeito Paulo Serra (PSDB) ressaltou a importância de a cidade possuir aterro próprio para diminuir os gastos com a destinação do lixo. “Somada essa ampliação com o aumento da reciclagem promovido pelo Moeda Verde e por outros programas da Prefeitura, resolvemos o problema da capacidade do aterro até 2024. Ganhamos pouco mais de dois anos de vida útil. Essa medida tem impacto ambiental e também financeiro, porque o fato de Santo André possuir aterro público faz com que a cidade economize muito com a destinação do lixo”, informou o gestor.

Segundo Gilvan Junior, superintendente do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), a cidade gastaria aproximadamente R$ 20 milhões por ano caso utilizasse um aterro privado. “Esse é um impacto no dia a dia das famílias, que poderiam ser taxadas por conta da destinação final do resíduo. A ampliação do aterro gera economia porque evita que o resíduo seja enviado para um aterro particular em outro município”, declarou.

Outra medida que pode contribuir com a ampliação da vida útil do aterro é o processo de reciclagem. De acordo com Paulo Serra, Santo André tem reaproveitado melhor os materiais. “O aumento da reciclagem também impacta diretamente no tempo do aterro. Quanto menos resíduos recicláveis foram descartados aqui (no aterro), maior será o tempo de duração do equipamento”, pontuou.

Santo André é a única cidade do Grande ABC que conta com aterro próprio. O espaço recebe 100% dos resíduos gerados na cidade. Mensalmente são coletadas cerca de 19 mil toneladas de resíduos úmidos e enviadas para tratamento ambientalmente correto no equipamento. O espaço ainda abriga duas cooperativas de reciclagem, a CoopCicla e Cidade Limpa, que contam com 120 cooperados.

RECICLAGEM
Para descartar corretamente os materiais, os andreenses contam com coleta seletiva porta a porta uma vez por semana, além dos 112 pontos de entrega voluntária distribuídos pela cidade. Atualmente o município ainda possui 20 ecopontos, que recebem, além dos recicláveis, outros tipos de materiais como entulho, móveis velhos, restos de pequenas construções, pneus, óleo de cozinha e lixo eletrônico (carcaças de computadores, fogões, geladeiras etc). A Prefeitura de Santo André pretende inaugurar mais dez ecopontos, que estão em fase de construção.


Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;