Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 21 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Presos de Bangu desviam linhas de telefone em SP


Do Diário OnLine

24/10/2002 | 12:56


Detentos do presídio Muniz Sodré, um dos principais do complexo de Bangu, no Rio de Janeiro, podem ser os responsáveis pelo desvio de linhas telefônicas no Estado de São Paulo.

Em entrevista à Rede Globo, um aposentado, que não quis se identificar, disse que na semana passada um homem ligou para sua casa se dizendo funcionário da Telefônica e pedindo que discasse a seguinte seqüência de números: sustenido (#), 21, sustenido.

Um médico, cuja identidade não foi revelada, registrou um boletim de ocorrência relatando a mesma situação. Segundo ele, um dia uma ligação que fazia simplesmente foi interrompida. Logo depois uma pessoa ligou e pediu que apertasse as mesmas teclas citadas acima. Desde então, o médico disse que as ligações que recebe de amigos caem direto no presídio carioca.

No entanto, o mesmo procedimento foi feito com a linha de um delegado da cidade de São Paulo. Porém, como ele tinha um identificador de chamadas, percebeu que a ligação que recebia era de um telefone celular. Quando falaram a ele que a Telefônica precisava fazer um reparo em sua linha, indagou porque um funcionário de São Paulo estaria ligando de um celular com prefixo do Rio de Janeiro.

Neste momento, segundo mostrou o jornal da Globo, a pessoa assumiu que era um trote. “Que saber a verdade na moral. Fizemos um gato na sua linha. Para voltar ao normal é só apertar #, 21 e # que volta ao normal. E deixa nós em paz aqui”, mostrou a emissora.

Em outro teste, um repórter ligou para o mesmo número registrado pelo delegado. Ao perguntar de onde falavam, a pessoa do outro lado da linha respondeu: de Muniz Sodré (presídio de Bangu).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;