Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 25 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Três americanos e dois iraquianos morrem em emboscada


Do Diário OnLine
Com AFP

17/10/2003 | 12:05


Três soldados americanos e dois policiais iraquianos morreram, na noite desta quinta-feira, em uma emboscada armada por iraquianos na cidade santa xiita de Kerbala, ao sul de Bagdá. A informação foi dada na manhã desta sexta por um porta-voz da coalizão, Palph Manos. Outras duas ocorrências, um confronto entre soldados e xiitas em Kerbala e a explosão de uma bomba em Bagdá, deixaram mais 14 pessoas mortas

"No final da noite passada, uma patrulha de polícia iraquiana acompanhada de membros da polícia militar americana foi atacada por iraquianos escondidos nos telhados de edifícios perto da mesquita Al Abbas", informou o comandante Palph Manos. "Três membros da polícia militar norte-americana perderam a vida e outros dois foram feridos no combate. Também dois policiais iraquianos morreram e cinco foram feridos", adiantou o porta-voz, sem saber se houve vítimas entre os atacantes.

Segundo um correspondente da Agência France Presse em Kerbala, houve tiroteios entre a 0h de sexta-feira e as 2h locais na área da mesquita, onde fica o mausoléu de Abbas. De acordo com o correspondente, os partidários armados do líder xiita local Mahmud Al-Hassani patrulham a área durante a noite, numa violação ao toque de recolher imposto pelas forças de ocupação.

Nesta sexta, um soldado americano morreu e outros dois ficaram feridos na explosão de uma bomba em Bagdá. "Às 7h50 locais (1h50 de Brasília), um membro da 220ª brigada da polícia militar morreu e outros dois ficaram feridos ", declarou uma fonte militar, que não quis se identificar. Com a morte, sobe para 101 o número de soldados dos EUA mortos em combates no Iraque desde o fim da guerra.

Na quinta, novamente em Kerbala, 13 pessoas morreram em choques entre manifestantes e policiais: três policiais militares dos EUA, dois oficiais iraquianos e ao menos oito milicianos xiitas. O combate ocorreu no centro da cidade e durou cerca de 12h. Tudo começou quando uma patrulha foi atacada com tiros de AK-47 e granadas.

No início da semana, os confrontos entre xiitas provocaram uma morte e deixaram mais de 20 feridos em Kerbala. A coalizão anglo-americana é alvo de ataques quase diários no Iraque. Além das mortes em confrontos ou ataques, acidentes ou causas desconhecidas, 650 soldados americanos ficaram feridos desde maio.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;