Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 20 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Santo André testa contra Covid e Influenza em um único exame

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Cidade é única da região a disponibilizar alternativa; e investiu cerca de R$ 2 milhões na iniciativa


Thainá Lana
Do Diário do Grande ABC

22/01/2022 | 00:01


Diante do aumento de casos de Covid-19 e de síndrome gripal causada pela Influenza, Santo André recorreu a testes rápidos que detectam os dois tipos de infecções em um único exame. O município, o único da região a oferecer a alternativa, investiu cerca de R$ 2 milhões em 10 mil testes, que estão disponíveis em duas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e dez UBSs (Unidades Básicas de atendimento). 

A iniciativa tenta diminuir o número de atendimentos na rede pública de saúde do município, além de agilizar o diagnóstico de pacientes sintomáticos, que apresentam sintomas do terceiro ao oitavo dia. O resultado do teste fica pronto em até 15 minutos e identifica a presença do vírus Sars-CoV-2, além do vírus Influenza A e B. Além do multiteste, as unidades de saúde andreense também disponibilizam o exame RT-PCR e o teste rápido, que detectam somente o vírus da Covid. 

Caso haja aumento na demanda, a cidade poderá adquirir, de maneira gradativa, mais 40 mil unidades do multiteste, conforme explica o prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB). “Se houver necessidade poderemos comprar até 50 mil testes. Isso só foi possível porque nos antecipamos e fizemos o pedido dos exames antes que a escassez de testes acontecesse no mercado”, ressalta o chefe do Excecutivo, que ainda destacou outras medidas adotadas pela administração pública. 

“Durante a pandemia, Santo André se tornou referência em diversas etapas de combate ao vírus, como a testagem em massa e distribuição de máscaras de pano, por exemplo, e acabou exportando políticas públicas para outras regiões. Nesta nova fase da pandemia, a testagem dupla se mostrou necessária para acelerar o tempo do diagnóstico, além de desafogar as unidades de saúde da cidade”, finaliza Paulo Serra. 

O secretário de Saúde da cidade, Márcio Chaves, reforça que a pandemia ainda não acabou, por isso é fundamental adotar todas as medidas disponíveis para tentar combater o vírus. “O teste rápido (multiteste) também busca identificar de maneira ágil o diagnóstico do paciente, para que assim o munícipe consiga receber o tratamento o mais rápido possível”, comenta o secretário. 

As outras seis cidades do Grande ABC oferecem na rede pública de saúde testes que detectam, de maneira separada os vírus da Covid e da Influenza. 

CONSULTÓRIOS 

Além das UPAs e das UBSs, os multitestes também estarão disponíveis nos 40 consultórios de campanha de Santo André, que serão inaugurados na segunda-feira. As unidades estarão instaladas no ginásio da UFABC (Universidade Federal do ABC) e no prédio do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), na Vila Pires. 

“Vamos transformar esses ambulatórios nos pontos de entrada do sistema de saúde. Serão dois centros especializados em síndromes respiratórias, onde serão oferecidos testes para identificação do vírus e exames como tomografia e raio-X”, explica Márcio Chaves, secretário de saúde de Santo André. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;